Escolha as suas informações

Portugal recomenda vacina da AstraZeneca a pessoas com menos de 65 anos
Portugal 08.02.2021

Portugal recomenda vacina da AstraZeneca a pessoas com menos de 65 anos

Portugal recomenda vacina da AstraZeneca a pessoas com menos de 65 anos

Foto: Lusa
Portugal 08.02.2021

Portugal recomenda vacina da AstraZeneca a pessoas com menos de 65 anos

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
Vários países têm seguido a mesma recomendação nas últimas semanas, incluindo o Luxemburgo.

Mais um país que se junta à lista de estados que estão a limitar a toma da vacina da Astrazeneca a pessoas com mais de 65 anos. Desta vez foram as autoridades portuguesas a recomendá-lo. Num documento publicado esta segunda-feira no site da Direção-Geral da Saúde (DGS), as autoridades referem que "até novos dados estarem disponíveis, a vacina da AstraZeneca deve ser preferencialmente utilizada para pessoas com 65 ou menos anos de idade."

Na norma publicada esta segunda no site da autoridade de saúde, a DGS refere, no entanto, que caso só esteja apenas disponível a vacina desta farmacêutica "em nenhuma situação deve a vacinação de uma pessoa com 65 ou mais anos de idade ser atrasada se só estiver disponível a COVID-19 Vaccine AstraZeneca". 

A recomendação é direcionada a médicos, enfermeiros e farmacêuticos do Sistema de Saúde. Esta decisão está em linha com vários países europeus, incluindo o Luxemburgo, onde as autoridades responsáveis consideram que não existem dados suficientes para fazer uma declaração sobre a eficácia desta em pessoas com mais de 65 anos. França, Alemanha, Polónia, Áustria, Suécia, Itália e Holanda também não estão a administrar o fármaco a esta faixa etária.


Vacinas. Pfizer e Moderna mais eficazes, Sputnik mais barata e fácil de armazenar
Comparativamente, Pfizer, Moderna e Sputnik são as que superam os 90% de eficácia. AstraZeneca é a que deixa mais dúvidas.

O plano de vacinação do Grão-Ducado - com seis fases no total -  arrancou a 28 de dezembro, para profissionais de saúde de hospitais e lares de idosos, tendo sido alargada no mês de janeiro aos residentes dos lares. A segunda etapa deverá arrancar no início do mês de março e vai abranger as pessoas com mais de 75 anos e as pessoas consideradas "altamente vulneráveis", independentemente da idade.    

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

AstraZeneca já é administrada no Luxemburgo
O Luxemburgo começou na segunda-feira a vacinar as primeiras pessoas com a vacina da AstraZeneca. Vários países, incluindo o Grão-Ducado vão para já administrá-la a pessoas até aos 65 anos.
AstraZeneca. Esta vacina não é para velhos
A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca está a ser limitada aos grupos abaixo dos 65 anos em vários países da Europa. Governo de Luxemburgo já foi questionado sobre o assunto.