Escolha as suas informações

Portugal pretende vacinar 1,7 milhões de pessoas em duas semanas
Portugal 04.07.2021
Vacinação

Portugal pretende vacinar 1,7 milhões de pessoas em duas semanas

Vacinação

Portugal pretende vacinar 1,7 milhões de pessoas em duas semanas

Foto: Lusa
Portugal 04.07.2021
Vacinação

Portugal pretende vacinar 1,7 milhões de pessoas em duas semanas

Pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos podem começar a marcar consultas de vacinação ao domingo.

Portugal anunciou este sábado que espera vacinar mais 1,7 milhões de pessoas contra a covid-19 durante as próximas duas semanas. Plano de ação desenvolve-se à medida que as autoridades se esforçam por conter um surto de infecções causadas pela variante Delta, dada como mais contagiosa.

Novos casos estão a ser relatados sobretudo entre os jovens não vacinados, pelo que as mortes diárias por coronavírus, atualmente em dígitos únicos, permanecem muito abaixo dos níveis de fevereiro, quando o país ainda se encontrava sob bloqueio após a segunda vaga de janeiro. 

Segundo a agência Reuters, Portugal já vacinou completamente cerca de 35% da sua população, e as pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos podem começar a marcar consultas de vacinação ao domingo. 

A convocação desta faixa etária é feita através do agendamento central, com os utentes a receberem uma mensagem SMS ou um telefonema dos serviços de saúde, mas o autoagendamento ficará, gradualmente, disponível até aos 18 anos.


300 profissionais de saúde em Itália agem judicialmente contra a obrigação de vacinação
Está marcada audiência para 14 de julho.

Numa declaração, a task force de vacinação disse que utilizaria toda a capacidade instalada para vacinar 850.000 pessoas por semana durante os próximos 14 dias para "proteger a população o mais rapidamente possível", devido à "rápida propagação" da variante Delta, citou a agência. Cerca de 70% dos casos atuais em Portugal são da variante Delta, que foi identificada pela primeira vez na Índia, mas que levou a uma onda de novas infecções em todo o mundo. 

Segundo a agência Lusa, um estudo da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, divulgado na última semana, indica que 85,7% dos jovens entre os 16 e os 25 pretendem ser vacinado, mas 14,3% ainda não decidiram se vão receber a vacina contra o vírus SARS-CoV-2.

Segundo os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, citados pela Lusa, 6% da faixa etária entre os 18 e os 24 anos (49.206 pessoas) já receberam a primeira dose da vacina e 5% (35.621) têm a vacinação completa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com dados oficiais hoje divulgados.
Vacinação
A campanha de vacinação começou na fase mais negra da pandemia do país, em janeiro, com fura filas e demissões polémicas. Hoje Portugal é o segundo país do mundo com maior número de vacinados.“Fico satisfeito por ter contribuído para um processo que foi decisivo para salvar vidas”, declara ao Contacto o vice-almirante Gouveia e Melo, na véspera de deixar a liderança da vacinação em Portugal e com o país prestes atingir os 85% de vacinados. Esta é uma história de sucesso muito elogiado nos quatro cantos do mundo. E que merece ser contada.
O coordenador da task-force para a vacinação contra a covid-19, Henrique Gouveia e Melo, durante a conferência de imprensa com atualização da informação sobre a vacina covid-19 da Astrazeneca, no Ministério da Saúde, em Lisboa, 18 de março de 2021. RODRIGO ANTUNES/LUSA
A variante Delta do novo coronavírus SARS-CoV-2, mais transmissível, circula em 92 países, indicou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS), salvaguardando que as vacinas continuam eficazes contra esta estirpe, ao prevenirem doença grave e morte.