Escolha as suas informações

Portugal. Praias vão ter semáforos à entrada
Portugal 15.05.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Praias vão ter semáforos à entrada

Algarve, Portugal

Portugal. Praias vão ter semáforos à entrada

Algarve, Portugal
Foto: Pixabay
Portugal 15.05.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Praias vão ter semáforos à entrada

O Conselho Ministros reune-se esta tarde para decidir como vai ser o verão nas praias portuguesas. Semáforos, aplicações e proibição de auto-caravanas nos estacionamentos são algumas das medidas.

Realiza-se esta tarde a reunião do Conselho de Ministros para concluir um conjunto de medidas para preparar o verão nas praias portuguesas. Entre as muitas medidas possíveis está a criação de uma aplicação para telemóveis que dê informações sobre o estado das praias. Com a crise do novo coronavírus a condicionar o dia-a-dia dos portugueses, esta medida permite aos cidadãos saber se podem ou não ir a determinada praia devido à sua lotação.

Outra das decisões a ser discutida esta tarde pelo Conselho de Ministros é a possibilidade de se instalarem semáforos à entrada de cada praia que pode ser uma bandeira ou um cartaz. De acordo com o Público, a Agência Portuguesa do Ambiente vai trabalhar na aplicação, chamada Infopraia, a que os cidadãos podem aceder antes de se deslocarem aos areais e através da qual é possível ver se a praia de destino está vermelha (cheia e não aconselhável), amarela (quase cheia) ou verde (acessível).

Ainda assim, não haverá proibição absoluta de as pessoas se deslocarem a uma praia assinalada a vermelho, uma vez que o governo prefere apostar na pedagogia. Serão concessionários, nadadores-salvadores ou polícia marítima a pedirem aos banhistas para não o fazerem se tal for indicado. Se houver abusos, as autoridades podem ser chamadas a intervir.

Já na praia, os portugueses vão ser aconselhados a guardar a distância de dois metros entre cada pessoa ou família. As famílias, entre duas ou dez pessoas, não estão obrigadas a cumprir entre si o distanciamento. A possibilidade de não se poder cumprir este distanciamento entre os banhistas será determinante para aplicação do sinal vermelho a uma praia. As praias que não estiverem concessionadas, esta responsabilidade fica a cargo das autarquias.

Também as autocaravanas passam a ter novas regras. Na proposta que vai ser debatida esta tarde prevê-se que o governo proíba o estacionamento destas viaturas nos parques de estacionamento junto às praias.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas