Escolha as suas informações

Portugal pintado a rosa. PS conquista distritos do PSD e muda o mapa político do país
Portugal 31.01.2022 Do nosso arquivo online
Legislativas

Portugal pintado a rosa. PS conquista distritos do PSD e muda o mapa político do país

Legislativas

Portugal pintado a rosa. PS conquista distritos do PSD e muda o mapa político do país

Foto: AFP
Portugal 31.01.2022 Do nosso arquivo online
Legislativas

Portugal pintado a rosa. PS conquista distritos do PSD e muda o mapa político do país

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Distritos como Vila Real, Viseu ou Leiria, tradicionalmente social-democratas deram, esta noite, a vitória ao Partido Socialista e a António Costa.

O PS emerge como o grande vencedor destas eleições legislativas. Além de poder alcançar a maioria absoluta, o partido liderado por António Costa mudou, esta noite, a cor do mapa político português, com os socialistas a conquistarem distritos historicamente social-democratas. 

Viseu, com 41,55% dos votos e quatro deputados eleitos, Vila Real, com 41,30% e três deputados eleitos, ou Leiria com 35,73% e cinco deputados eleitos foram alguns dos distritos que o PS tomou ao PSD. Em Bragança, outro distrito tradicionalmente social-democrata, os dois partidos ficaram empatados em termos técnicos, com cerca de 40% cada um, mas, segundo os resultados oficiais já apurados, o PS elegeu dois deputados enquanto o PSD só conseguiu um - um cenário inverso ao de 2019.


PS.
Se PS mantiver os dois deputados pela emigração conquista maioria absoluta
A manterem-se os dois deputados socialistas, nestas eleições, pela emigração, o PS ganha a maioria absoluta, segundo avança a RTP.

Com 99,90% das freguesias do país apuradas, de acordo com os dados do Ministério da Administração Interna, o PS tem 41,63% e já 112 deputados eleitos, o PSD 27,89% e 68 deputados, o Chega com 7,13 % e 11 assentos no Parlamento,  a IL com 4,97% e seis deputados eleitos, O BE com 4,45 % e com quatro deputados, a CDU com 4,36% e seis eleitos e o Livre com 1,28% e um deputado. São eleitos 230 deputados no total.

PAN e CDS têm, para já, 1,52%  e 1,61% dos votos, respetivamente, mas nenhum eleito. Os centristas elegeram, contudo, em coligação com o PSD, três deputados na Madeira, e dois nos Açores, no âmbito da coligação PPD/PSD.CDS-PP.PPM.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A projeção à boca das urnas realizada hoje pela Universidade Católica para a RTP indica que o PS repete a maioria absoluta nas regionais dos Açores, obtendo entre 50 a 55% dos votos.