Escolha as suas informações

Portugal. Ministério Público investiga nove inquéritos de vacinação indevida
Portugal 01.02.2021 Do nosso arquivo online

Portugal. Ministério Público investiga nove inquéritos de vacinação indevida

Portugal. Ministério Público investiga nove inquéritos de vacinação indevida

AFP
Portugal 01.02.2021 Do nosso arquivo online

Portugal. Ministério Público investiga nove inquéritos de vacinação indevida

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O Ministério Público português confirmou que estão em curso nove inquéritos sobre casos relacionados com a toma indevida de vacinas contra a covid-19.

Nos últimos dias, vários casos de toma indevida de vacinas contra a covid-19 por parte de pessoas fora dos grupos prioritários tem causado indignação. 

Esta segunda-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) já fez saber que estão em curso nove inquéritos, numa altura em que Portugal é visto como um dos países onde a vacinação está mais atrasada na UE. 

Os inquéritos dizem respeito à Segurança Social de Setúbal, INEM de Lisboa, INEM do Porto, Centro de Apoio de Idosos em Portimão, Vila Nova de Famalicão, Arcos de Valdevez, Bragança, Seixal e Montijo.  

Entre os exemplos que tem chamado mais a atenção, está a vacinação da equipa da Segurança Social de Setúbal, que já levou a diretora da unidade, Natividade Coelho, a demitir-se e também o caso da pastelaria do Porto cujos funcionários foram vacinados a pedido do diretor regional do Norte do INEM.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, garante que haverá "tolerância zero" para este tipo de casos e que o plano de vacinação vai apresentar listas suplementares para as vacinas que sobrem. 

Ritmo de vacinação

Até hoje, foram administradas 8.230.414 vacinas contra a covid-19 na UE. No que toca a Portugal, o país tem das percentagens mais baixas relativamente à administração da primeira dose, ao fixar-se nos 1,6%, apenas superado pelos Países Baixos (1,5%), Letónia (1,1%), Chipre (0,9%) e Eslováquia (0,5%). 

A liderar a lista de países mais avançados na primeira dose da vacinação contra o SARS-CoV-2 está a Irlanda (11,5%), Islândia (3,8%), Malta (3,7%), Finlândia (3,1%), Eslovénia (3%) e Polónia (3%).  


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A União Europeia (UE) atingiu hoje um "marco importante" de 70% da população adulta totalmente vacinada contra a covid-19, anunciou a Comissão Europeia, vincando porém ser necessário "ir além" desta meta devido às variantes, admitindo terceiras doses.
Bruxelas havia adquirido 200 milhões de doses desta vacina, que contava que fossem administradas até setembro de 2021, tendo agora decidido reservar mais 100 milhões de doses, mesmo contando dispor muito em breve de outras vacinas contra a covid-19, dado ter uma ampla carteira de potenciais vacinas.