Escolha as suas informações

Portugal. Juiz negacionista desafia diretor da PSP para combate de artes marciais
Portugal 2 min. 29.03.2021

Portugal. Juiz negacionista desafia diretor da PSP para combate de artes marciais

Portugal. Juiz negacionista desafia diretor da PSP para combate de artes marciais

Foto: Luxemburger Wort/Anouk Antony
Portugal 2 min. 29.03.2021

Portugal. Juiz negacionista desafia diretor da PSP para combate de artes marciais

A sugestão para um 'duelo' foi feita nas redes sociais pelo juiz Rui Fonseca e Castro que foi suspenso das suas funções depois de adiar um julgamento por querer obrigar procurador e funcionário judicial a tirarem as máscaras.

É juiz, criou o movimento "Juristas pela Verdade", defende o não uso de máscaras e questiona a pandemia. Rui Fonseca e Castro viu as suas funções como juiz, em Odemira, suspensas pelo Conselho Superior de Magistratura como consequência do adiamento de um caso urgente de violência doméstica em que  o procurador e o funcionário judicial se recusaram a tirar as máscaras. 

Alvo de um processo disciplinar, o juiz publicou este domingo um vídeo na conta de Facebook 'Habeas Corpus' onde desafia Magina da Silva, Diretor Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), para um duelo de MMA, um tipo de arte marcial. Na mesma publicação, o juiz negacionista considera que "o senhor Magina é um maroto" porque o "Expresso veio noticiar que estou a ser monitorizado desde o verão, veja-se bem. Pela PSP."

"Se estou a ser monitorizado pela PSP desde o verão, significa que estou a ser monitorizado até agora. Ou seja, o senhor Magina - ele tem de ter conhecimento disto - esteve a proceder a vigilância ilegal de um advogado e também agora de um juiz", denuncia o magistrado, que revelou que esta segunda-feira ia "dar entrada de uma queixa-crime contra o senhor Magina por causa disto".

Fonseca e Castro chega ao ponto de afirmar que Magina da Silva "é também um queixinhas". "Parece uma menina a chorar. Foi ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) a dizer que aquele senhor advogado não permitia que ele desempenhasse as suas funções. [Mas] é a Constituição que não permite que o senhor extravase as competências que lhe são atribuídas". 

De seguida, o juiz negacionista desafiou o Diretor da PSP com "uma proposta para o senhor Magina". "Como ele tem tanto interesse na minha pessoa, por um lado anda a vigiar-me, tem aquela coisa de voyerismo, e depois vai a chorar ao Conselho a fazer queixinhas de mim... tenho uma proposta para o senhor Magina. E é uma proposta para resolver isto como homens. A proposta será eu e o senhor Magina a fazermos uma luta de MMA".

Se Magina da Silva ganhar, salienta, "eu paro com tudo o que estou a fazer, não ajudo mais ninguém. Deixo-o fazer o trabalho dele, desapareço de todo o lado". Mas se Rui Fonseca e Castro vencer, o senhor Magina vai à televisão e vai dizer: 'Eu sou um idiota, sou um fantoche, sou um pau-mandado do Governo e só estou neste cargo por ser maçon'. Não quer dizer que ele seja. Só se ele perder é que tem de dizer".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.