Escolha as suas informações

Portugal. Homem morre após ser baleado por outro em rua movimentada do concelho de de Loures
Portugal 25.07.2020

Portugal. Homem morre após ser baleado por outro em rua movimentada do concelho de de Loures

Portugal. Homem morre após ser baleado por outro em rua movimentada do concelho de de Loures

Foto: Shutterstock
Portugal 25.07.2020

Portugal. Homem morre após ser baleado por outro em rua movimentada do concelho de de Loures

Redação
Redação
População que testemunhou o homicídio impediu o autor do crime, um idoso de 80 anos, de fugir, antes de as autoridades chegarem ao local.

Um homem de 39 anos morreu este sábado, 25 de julho, após ter sido “baleado em várias zonas do corpo” por outro homem, de 80 anos, na avenida de Moscavide, no concelho de Loures, distrito de Lisboa, afirmou a PSP, à agência Lusa.

O alerta para a situação de disparos naquela artéria, especialmente movimentada, daquela freguesia, ocorreu pelas 13:20, e quando a Polícia de Segurança Pública (PSP) chegou ao local encontrou “um homem que tinha sido baleado em várias zonas do corpo por outro homem”.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP disse à Lusa que o óbito do homem baleado foi declarado no local e o homem responsável pelos disparos, “está, neste momento, detido e foi-lhe apreendida uma arma de fogo”.

“Em termos de motivação, ainda não percebemos muito bem o porquê. Poderá ter a ver com questões meramente passionais, dado que não existe qualquer ligação entre os próprios”, avançou a PSP.

População revoltada

População que testemunhou o homicídio impediu o idoso de fugir, antes de as autoridades chegarem ao local.

Alguns populares ouvidos por orgãos de comunicação social portugueses afirmaram que, a meio da semana, vítima e homicida tinham discutido. Há também quem aponte para possíveis motivações racistas, da parte do idoso, para explicar o crime.

A vítima é descrita como sendo um cidadão pacato, que habitualmente se sentava, com o cão, num dos bancos da avenida de Moscavide, a zona mais movimentada desta freguesia de Loures, situada às portas do Parque das Nações, em Lisboa. 

Por se tratar de um homicídio, foi acionada a Polícia Judiciária.

A ocorrência mobilizou “dezenas de polícias”, inclusive devido à necessidade de interromper o trânsito na avenida de Moscavide.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A vítima do homicídio de Elvas foi emboscada na viatura
De acordo com as fontes da PJ, o homicídio ocorreu num bairro da cidade raiana de Elvas, quando foram efetuados vários disparos, por trás, contra uma viatura ligeira, em que seguiam os três homens, tendo um deles sido atingido mortalmente.