Escolha as suas informações

Portugal. Governo admite que país pode voltar a confinar como em abril e maio
Portugal 08.01.2021

Portugal. Governo admite que país pode voltar a confinar como em abril e maio

Portugal. Governo admite que país pode voltar a confinar como em abril e maio

AFP
Portugal 08.01.2021

Portugal. Governo admite que país pode voltar a confinar como em abril e maio

Lusa
Lusa
O ministro de Estado e da Economia, Siza Vieira, admitiu hoje que as novas restrições para conter a pandemia de covid-19 podem passar pelo encerramento da restauração e do comércio não alimentar.

"Aquilo que devemos ponderar como plausível é o quadro que vigorou durante o mês de abril ou o quadro que vigorou durante a primeira quinzena do mês de maio", disse o ministro em conferência de imprensa após a Concertação Social.

Siza Vieira lembrou que nessa altura mantiveram-se em funcionamento a indústria e a construção civil, mas encerraram atividades como "o pequeno comércio não alimentar" e a restauração que funcionava apenas em regime de 'take away' com entrega ao domicílio.

"Esse é o quadro" que está a ser estudado pelo Governo e as medidas vão continuar a ser discutidas nos próximos dias com os epecialistas e parceiros sociais, disse o ministro da Economia e Transição Digital.

O governante disse ainda que um novo confinamento não deverá implicar o encerramento das escolas, cenário que o primeiro-ministro, António Costa, já tinha afastado na quinta-feira, no final da reunião do Conselho de Ministros.

Mortes, novos casos e internados. Números atingem máximos diários

Portugal atingiu o maior número diário de óbitos, desde que a pandemia começou. Foram 118 as vítimas mortais contabilizadas, nas últimas 24 horas, o valor mais alto registado num único dia. 

O número de novos contágios também bateu um novo recorde chegando aos 10.176 infetados.  A par do novo máximo no número diário de novos casos e mortes por covid-19, os internamentos também continuam a aumentar, estando neste momento 3.451 pessoas hospitalizadas, mais 118 que ontem, e novo máximo diário. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Covid-19. Xavier Bettel e Paulette Lenert falam às 17h
O primeiro-ministro, Xavier Bettel, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, voltam hoje a pronunciar-se sobre a situação atual face à pandemia da covid-19, numa altura em que o número de novas infeções voltou a aumentar no Luxemburgo.