Escolha as suas informações

Portugal. DGS recomenda vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos
Portugal 07.12.2021
Pandemia

Portugal. DGS recomenda vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos

Pandemia

Portugal. DGS recomenda vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos

Foto: AFP
Portugal 07.12.2021
Pandemia

Portugal. DGS recomenda vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
A Direção-Geral da Saúde aconselha que a vacinação seja prioritária para as crianças com doenças consideradas de risco para covid-19 grave.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou, esta terça-feira, a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos, com prioridade para as crianças com doenças consideradas de risco.

O organismo "recomenda a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos, com prioridade para as crianças com doenças consideradas de risco para covid-19 grave", refere em comunicado. 


Vacinação 5-11 anos. Só as crianças de risco devem ser vacinadas no Luxemburgo
Ou aquelas que vivam com pessoas vulneráveis em casa. Este é o parecer do Conselho Superior de Doenças Infeciosas do Luxemburgo que, para já, entende "não ser urgente" vacinar todos os menores com menos de 12 anos. O documento foi entregue ao Governo.

Será administrada a vacina da Pfizer (Comirnaty), adaptada aos mais novos, que recebeu o parecer positivo da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) no início deste mês.

A DGS sustenta também a sua decisão de recomendar a vacina para as crianças dos 5 aos 11 anos, "na sequência da posição da Comissão Técnica de Vacinação contra a COVID-19 (CTVC), que considerou, com base nos dados disponíveis, que a avaliação risco-benefício, numa perspetiva individual e de saúde pública, é favorável à vacinação das crianças desta faixa etária". "O número de novos casos de covid-19 em crianças tem vindo a aumentar", acrescenta ainda o organismo, lembrando que apesar da doença nestas idades ser "geralmente ligeira", também "existem formas graves" nos mais novos. 


Espanha. Vacinação de crianças entre os 5 e os 11 anos avança para a semana
O país vai receber mais de três milhões de doses da vacina da Pfizer para esta faixa etária.

Apesar da recomendação generalizada para todas as crianças, a DGS sublinha, por isso, que deve ser dada a prioridade às crianças com doenças de risco que possam desenvolver formas grave de covid-19.

Na próxima sexta-feira, serão revelados, em conferência de imprensa, os detalhes sobre o calendário de vacinação e a respetiva logística, e serão prestados esclarecimentos técnicos adicionais sobre esta fase da campanha de vacinação.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

É a vacinação dos 5-11 anos é mais polémica e que enche de dúvidas os pais. O Contacto ouviu especialistas, entre eles o coordenador de um dos ensaios clínicos nos Estados Unidos e explica-lhe tudo sobre esta nova vacina. "Não é urgente vacinar já todas as crianças. Só as de risco", é a opinião mais consensual.
Portugal recomenda a vacinação generalizada dos 5 aos 11 anos, mas com prioridade para as crianças de risco.