Escolha as suas informações

Portugal. Covid-19 foi responsável por 70,8% do excesso de mortalidade no primeiro ano de pandemia
Portugal 16.04.2021 Do nosso arquivo online

Portugal. Covid-19 foi responsável por 70,8% do excesso de mortalidade no primeiro ano de pandemia

Portugal. Covid-19 foi responsável por 70,8% do excesso de mortalidade no primeiro ano de pandemia

Foto: AFP
Portugal 16.04.2021 Do nosso arquivo online

Portugal. Covid-19 foi responsável por 70,8% do excesso de mortalidade no primeiro ano de pandemia

Lusa
Lusa
De acordo com números divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística, entre março de 2020 e fevereiro de 2021 morreram 134.278 pessoas em Portugal, mais 23.089 do que a média para o mesmo período entre 2015 e 2019.

A covid-19 foi responsável por 70,8% do excesso de mortalidade do primeiro ano da pandemia, em que os óbitos aumentaram 20,8% em relação à média dos cinco anos anteriores, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

De acordo com números divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), entre março de 2020 e fevereiro de 2021 morreram 134.278 pessoas em Portugal, mais 23.089 do que a média para o mesmo período entre 2015 e 2019.

Do total de mortes, 16.351 (12,2%) foram atribuídas à covid-19, o que representa 70,8% do excesso de mortalidade para o primeiro ano da pandemia que começou com o novo coronavírus detetado em 2019 na cidade chinesa de Wuhan.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas