Escolha as suas informações

Portugal confirma mais 14 casos de varíola dos macacos
Portugal 23.05.2022
Surto

Portugal confirma mais 14 casos de varíola dos macacos

Surto

Portugal confirma mais 14 casos de varíola dos macacos

Foto: Shutterstock
Portugal 23.05.2022
Surto

Portugal confirma mais 14 casos de varíola dos macacos

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Ao todo, o país já identificou 37 situações de infeção humana do vírus Monkeypox.

Portugal confirmou mais 14 casos de infeção humana pelo vírus Monkeypox, divulgou esta segunda-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Ao todo, foram registados, até ao momento, 37 casos da chamada varíola dos macacos no país, concentrando-se nas regiões Norte, Lisboa e Vale do Tejo e Algarve. 

Segundo a DGS, aguardam-se ainda resultados relativamente a outras amostras, mas para já foi possível identificar nas amostras disponíveis, através de sequenciação, que a variante presente nas situações confirmadas é do subgrupo do vírus da África Ocidental, que é o menos agressivo, indica a DGS.


Bélgica. Três casos de varíola dos macacos estarão ligados a festival de moda fetichista
Segundo a organização, o vírus terá sido "trazido para o festival por visitantes do estrangeiro". O Luxemburgo não detetou nenhum caso até agora.

"Os casos identificados mantêm-se em acompanhamento clínico, encontrando-se estáveis e em ambulatório. Estão em curso os inquéritos epidemiológicos dos casos suspeitos que vão sendo detetados, com o objetivo de identificar cadeias de transmissão e potenciais novos casos e respetivos contactos", refere o organismo em comunicado.

A DGS apela às pessoas que apresentem lesões e erupção cutânea, gânglios palpáveis, com possibilidade de serem acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço para procurarem aconselhamento médico.

Quem tiver sintomas suspeitos deve suspender contactos físicos diretos com outras pessoas e não partilhar vestuário, toalhas, lençóis ou objetos pessoais, enquanto durarem as lesões cutâneas, em qualquer fase, ou se sentir os outros sintomas apontados.


O que é a varíola dos macacos e como se transmite?
O que é, como se transmite e quais são os sintomas.

As autoridades do Reino Unido, um dos primeiros países europeus a reportar infeções, determinaram entretanto que qualquer pessoa que viva ou tenha tido contacto direto com alguém contaminado com a varíola dos macacos deve isolar-se durante 21 dias.

De acordo com a BBC, já foram identificados mais de 80 casos do vírus Monkeypox em toda a Europa, EUA, Canadá, Israel e Austrália.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) recomendou hoje aos países que atualizem os meios de rastreio e diagnóstico para o vírus Monkeypox, quando já existem 67 casos em nove Estados-membros da União Europeia (UE).