Escolha as suas informações

Portugal com mais quatro mortos por covid-19 e 219 novos casos positivos nas últimas 24 horas
Portugal 21.08.2020

Portugal com mais quatro mortos por covid-19 e 219 novos casos positivos nas últimas 24 horas

Portugal com mais quatro mortos por covid-19 e 219 novos casos positivos nas últimas 24 horas

AFP
Portugal 21.08.2020

Portugal com mais quatro mortos por covid-19 e 219 novos casos positivos nas últimas 24 horas

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Há 70 lares de idosos com casos positivos no país, correspondendo a 532 utentes e 229 profissionais infetados.

Portugal registou esta sexta-feira, 22 de agosto, mais quatro óbitos por covid-19 e 219 novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Três dos óbitos ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, onde se verificaram também 125 dos 219 novos casos positivos. A outra vítima mortal foi registada no Norte.

Esta sexta-feira, houve mais 209 casos recuperados, elevando o total de pessoas que recuperaram da doença para 40.473. 

Em Portugal, a covid-19 já provocou 1.792 mortes e foram registados 55.211 infetados com o novo coronavírus.

Na conferência de imprensa de hoje, o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, adiantou que, apesar de ser agosto, o ritmo de testagem mantém-se.

 "Há neste momento 100 laboratórios a fazer testes", ilustrou. 

O governante comentou também a situação nos lares, onde se continuam a verificar surtos, e numa altura em que as mortes do lar de Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, geraram várias acusações políticas e a abertura de uma investigação por parte do Ministério Público.

Segundo António Lacerda Sales, neste momento, "há 70 estruturas para pessoas idosas com casos positivos, o que corresponde a 2,8% do universo de estruturas residenciais para idosos, em Portugal". O que corresponde a "532 utentes e 229 profissionais destas unidades positivos", sendo que "102 utentes estão internados em unidades hospitalares".

Esta sexta-feira, a nível nacional, mantinham-se internadas 321 pessoas (menos 13 que ontem), por covid-19,  e 41 em cuidados intensivos (mais duas que ontem).

Sem comentar casos específicos, o secretário de Estado, admitiu que "a situação nestas unidades e junto desta faixa populacional mais vulnerável inspira sempre cuidados acrescidos", garantindo que o governo continua "a acompanhar os surtos com atenção, no terreno, num trabalho em parceria com a Segurança Social, as instituições e as autarquias."



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Itália ultrapassa China no número de mortos por Covid-19
As autoridades italianas confirmaram que o país registou 427 mortes nas últimas 24 horas, totalizando, até à data, 3.405 vítimas mortais, mais do que as 3.245 contabilizadas na China, onde o surto do novo coronavírus começou em dezembro.