Escolha as suas informações

Breves Portugal 05.02.2019

Polícia portuguesa impedida de entrar na Venezuela

Oito agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia de Segurança Pública portuguesa que viajavam para a Venezuela com o objetivo de reforçar o dispositivo de proteção à Embaixada de Portugal foram forçados a voltar para trás, segundo informação divulgada pela RTP e pelos jornais Público e Diário de Notícias.

De acordo com estes órgãos de comunicação, o grupo seguira domingo num Falcon da Força Aérea Portuguesa, tendo o avião aterrado numa base próxima de Caracas, algumas horas antes de Portugal anunciar que reconhecia Juan Guaidó como Presidente interino da Venezuela. O repórter da RTP relatou que os agentes "estavam equipados com diversas armas, bastões, capacetes e coletes à prova de bala transportados em mala diplomática", tendo sido impedidos de desembarcar pelas autoridades do país. Apesar de cerca de 12 horas de negociações, a situação não foi desbloqueada e os agentes tiveram de voltar para Lisboa, onde chegaram hoje de manhã.

Embora questionado pelos dois jornais, o Ministério dos Negócios Estrangeiros recusou comentar o assunto.



Breves Luxemburgo 15.10.2019

Circulação ferroviária entre Luxemburgo e Dippach interrompida

Os comboios não circulam entre a cidade do Luxemburgo e Dippach. A circulação ferroviária daquele troço da Linha 70 não se faz nos dois sentidos.

Os Caminhos de Ferro Luxemburgueses (CFL) emitiram o aviso cerca das 10:30 desta terça-feira, explicando que a perturbação se deve “à obstrução das catenárias”.

São esperados atrasos e supressões, sendo que os CFL já ativaram o seu sistema de substituição, através de autocarros que fazem a ligação entre as duas localidades.

Breves Mundo 14.10.2019

Número de vítimas mortais do tufão no Japão sobe para 56

O nono e mais forte tufão do ano afetou 6,68 milhões de habitantes na província de Zhejiang, leste da China, entre os quais 1,26 milhões tiveram de ser retirados.

As chuvas torrenciais e ventos fortes danificaram 234.000 hectares de plantações, causando danos económicos diretos de 24 mil milhões de yuans (3 mil milhões de euros).

O Lekima atingiu na madrugada de sábado a cidade de Wenling, em Zhejiang, e no mesmo dia, à noite, chegou a Qingdao, na província de Shandong.

Em Shandong, cinco pessoas morreram e sete desapareceram, enquanto 1,66 milhão foram afetadas, entre as quais 183.800 tiveram de ser realocadas, informaram as autoridades.

Na sexta-feira, a China emitiu um alerta máximo para as áreas costeiras da província de Zhejiang, dada a previsão de ventos e chuvas fortes.

O alerta vermelho, emitido pela China, é o mais alto do sistema de alertas, de quatro níveis, levando as autoridades a preparar evacuações, suspender ligações ferroviárias, viagens aéreas e a exigir o regresso de embarcações aos portos.

Lusa

Breves Luxemburgo por Susy TEIXEIRA MARTINS 14.10.2019

Pierre Gramegna entrega hoje OE para 2020

O ministro das Finanças, Pierre Gramegna, entrega hoje no Parlamento o Orçamento do Estado (OE) para 2020.

Logo a seguir serão apresentadas às diferentes comissões parlamentares as orientações orçamentais do Governo para o próximo ano. O deputado socialista Yves Cruchten é o relator do projeto de lei.

Ainda esta semana, os membros da Comissão das Finanças vão encontrar-se com o diretor da Inspeção Geral das Finanças e do Tesouro e com representantes do Instituto Nacional de Estatística (STATEC).

O projeto de lei do Orçamento do Estado para 2020 deverá ir a votos ainda antes das férias de Natal, para depois entrar em vigor a 1 de janeiro de 2020.