Escolha as suas informações

Motoristas. Sindicato das matérias perigosas pede mediação do Governo
Portugal 15.08.2019

Motoristas. Sindicato das matérias perigosas pede mediação do Governo

Motoristas. Sindicato das matérias perigosas pede mediação do Governo

Foto: AFP
Portugal 15.08.2019

Motoristas. Sindicato das matérias perigosas pede mediação do Governo

“Cabe agora ao Governo tentar colocar-se à mesa com a Antram”, afirmou o sindicato.

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) pediu hoje a mediação do Governo para chegar a um entendimento que permita terminar a greve, anunciou o presidente da estrutura sindical, Francisco São Bento.

“Chegámos à conclusão de que o melhor caminho será recorrer, ou requerer, a mediação do Governo”, afirmou Francisco São Bento, acrescentando que “cabe agora ao Governo tentar colocar-se à mesa com a Antram”.

O dirigente falava aos jornalistas após uma reunião na Direção Geral do Emprego e Relações de Trabalho (DGERT), em Lisboa.

Os motoristas de transportes de matérias perigosas e de mercadorias cumprem hoje o quarto dia de uma greve por tempo indeterminado, que levou o Governo a decretar uma requisição civil na segunda-feira à tarde, alegando incumprimento dos serviços mínimos.

A greve foi convocada pelo SNMMP e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM), com o objetivo de reivindicar junto da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) o cumprimento do acordo assinado em maio, que prevê uma progressão salarial.

Lusa


Notícias relacionadas