Escolha as suas informações

Ministra da Saúde portuguesa considera encorajadores os números depois do desconfinamento
Portugal 16.05.2020

Ministra da Saúde portuguesa considera encorajadores os números depois do desconfinamento

Ministra da Saúde portuguesa considera encorajadores os números depois do desconfinamento

Foto: LUSA
Portugal 16.05.2020

Ministra da Saúde portuguesa considera encorajadores os números depois do desconfinamento

Lusa
Lusa
Portugal regista este sábado 1.203 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 28.810 infetados, mais 227, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse este sábado que os indicadores referentes à covid-19 "mantêm-se encorajadores", a dias de o país entrar numa nova fase de desconfinamento.

"Neste momento, os sinais que vemos mantém-se encorajadores", considerou hoje a governante, falando na conferência de imprensa diária de acompanhamento da pandemia da covid-19.

A governante deixou aos portugueses uma "palavra de confiança e simultaneamente de prudência", garantindo que "todos os dias" são avaliadas as consequências das decisões do executivo.

Marta Temido acrescentou que, nos últimos cinco dias, o número médio diário de novos casos é de 200 e o de óbitos de 12.

Portugal regista hoje 1.203 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 28.810 infetados, mais 227, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

Em comparação com os dados de sexta-feira, em que se registavam 1.190 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (28.810), os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS) revelam que há mais 227 casos do que na sexta-feira (28.583), representando uma subida de 0,8%.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas