Escolha as suas informações

Marcelo volta aos EUA em novembro
Portugal 11.06.2018 Do nosso arquivo online

Marcelo volta aos EUA em novembro

Marcelo volta aos EUA em novembro

Foto: LUSA
Portugal 11.06.2018 Do nosso arquivo online

Marcelo volta aos EUA em novembro

"Os Estados Unidos são um grande país, mas Portugal ainda é maior", afirmou o Presidente da República no âmbito das comemorações do 10 de junho que prosseguem em Boston.

"Em novembro estarei com as comunidades portuguesas com as quais não me encontrarei agora", revelou Marcelo Rebelo de Sousa em Boston, onde prosseguem as comemorações do 10 de junho, segundo a agência Lusa. A costa oeste e a comunidade portuguesa de Fall River, na costa leste, serão os pontos da visita do Presidente da República em novembro.

No fim do mês, Marcelo estará ainda em Washington para um encontro com o homólogo Donald Trump. Falando depois do discurso do primeiro-ministro, António Costa, o chefe de Estado antecipou algumas das mensagens que irá transmitir a Trump nessa reunião. "Bem pode agradecer aos portugueses, porque tem aqui uma comunidade que trabalha pelo futuro dos Estados Unidos, que é honesta, trabalhadora, competente e que honra Portugal. Tem amor pelos Estados Unidos, mas não esquece o nosso querido Portugal", afirmou.

Mantendo o tom elogioso, Marcelo Rebelo de Sousa gerou uma onda de alegria nas centenas de pessoas que o escutavam. "Os Estados Unidos são um grande país, mas Portugal ainda é maior. Temos alguns dos melhores nas artes, na ciência, nas empresas, no trabalho e temos o melhor futebolista do mundo".



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Marcelo e Trump falaram sobre migrações
Presidentes reuniram-se durante meia hora e, no final, perante os jornalistas, trocaram momentos de boa disposição. "Portugal não é os Estados Unidos", disse o chefe de Estado português.
No Luxemburgo: Há portugueses "em todas as esquinas" - Marcelo
O Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou hoje que na cidade do Luxemburgo "há portugueses em todas as esquinas", enquanto percorria as ruas a distribuir beijos e a tirar 'selfies', desafiando a capacidade de improviso dos seguranças.