Escolha as suas informações

Marcelo fortalece laços com emigrantes suiços
Portugal 16.10.2016 Do nosso arquivo online
Genebra

Marcelo fortalece laços com emigrantes suiços

Genebra

Marcelo fortalece laços com emigrantes suiços

Portugal 16.10.2016 Do nosso arquivo online
Genebra

Marcelo fortalece laços com emigrantes suiços

O Presidente da República agradeceu hoje o contributo dos portugueses residentes na Suíça para a economia portuguesa, referindo que "no ano passado esta foi a segunda maior comunidade do mundo a apoiar a economia portuguesa".

O Presidente da República agradeceu hoje o contributo dos portugueses residentes na Suíça para a economia portuguesa, referindo que "no ano passado esta foi a segunda maior comunidade do mundo a apoiar a economia portuguesa".

Marcelo Rebelo de Sousa deixou esta mensagem durante um encontro com representantes da comunidade portuguesa na Suíça, num pavilhão de hóquei no gelo, em Genebra.

Como já tinha feito em Paris, o chefe de Estado afirmou perante as centenas de emigrantes portugueses presentes neste encontro que "Portugal é o maior e melhor país do mundo", e acrescentou que não é "um país do passado", mas "um país do futuro".

Os portugueses ocupavam a maioria de uma das bancadas laterais do pavilhão, onde também se sentou o Presidente da República, tendo ao seu lado um dos membros do Conselho de Estado do Cantão de Genebra, Luc Barthassat.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve constantemente a sair do seu lugar para conversar e tirar fotografias com os portugueses, e Luc Barthassat registava o convívio com o seu telemóvel.

Depois de discursar no meio da pista de gelo, o chefe de Estado disse que "não se sente o gelo, porque o calor humano criado pelos portugueses surpreende até os suíços".

"As autoridades suíças aqui presentes estão estupefactas, depois de conviverem com portugueses há tanto tempo, ainda se admiram com o calor que nós temos", observou.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Presidentes reuniram-se durante meia hora e, no final, perante os jornalistas, trocaram momentos de boa disposição. "Portugal não é os Estados Unidos", disse o chefe de Estado português.
Publicados no âmbito do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, os dados do gabinete luxemburguês de estatísticas (Statec) revelam que sete em cada 10 portugueses residentes no Grão-Ducado nasceram em Portugal (69,4%).
"Os Estados Unidos são um grande país, mas Portugal ainda é maior", afirmou o Presidente da República no âmbito das comemorações do 10 de junho que prosseguem em Boston.
O Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou hoje que na cidade do Luxemburgo "há portugueses em todas as esquinas", enquanto percorria as ruas a distribuir beijos e a tirar 'selfies', desafiando a capacidade de improviso dos seguranças.