Escolha as suas informações

Marcelo fala esta noite após Conselho de Estado aprovar dissolução do Parlamento
Portugal 04.11.2021 Do nosso arquivo online
OE2022

Marcelo fala esta noite após Conselho de Estado aprovar dissolução do Parlamento

OE2022

Marcelo fala esta noite após Conselho de Estado aprovar dissolução do Parlamento

Foto: LUSA
Portugal 04.11.2021 Do nosso arquivo online
OE2022

Marcelo fala esta noite após Conselho de Estado aprovar dissolução do Parlamento

Lusa
Lusa
Ontem, o Conselho de Estado "deu parecer favorável" à proposta do Presidente da República de dissolução da Assembleia da República e a consequente convocação de eleições antecipadas.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fala ao país esta quinta-feira, às 20h, sobre a dissolução do parlamento e a data das eleições legislativas antecipadas, após ter ouvido os partidos e o Conselho de Estado.

A comunicação do Presidente da República ao país às 20h, a partir do Palácio de Belém, em Lisboa, consta de uma adenda à sua agenda divulgada esta quarta-feira à noite.

Ontem, o Conselho de Estado "deu parecer favorável à proposta de sua excelência o Presidente da República de dissolução da Assembleia da República", segundo o comunicado distribuído no final da reunião.


Carta aberta a Marcelo pede tempo para reorganizar partidos
Mais de uma centena de personalidades, a maioria de centro-direita, divulgou hoje uma carta aberta ao Presidente da República pedindo que a data das eleições tenha em conta os processos eleitorais internos de vários partidos.

Dos partidos representados no Conselho de Estado, apenas PCP e BE tinham manifestado publicamente discordância em relação à opção de dissolver a Assembleia da República e convocar eleições antecipadas na sequência do chumbo do Orçamento para 2022 na generalidade.

A reunião do órgão político de consulta do Presidente da República começou cerca das 17h15 e terminou pelas 20h30, no Palácio da Cidadela de Cascais, no distrito de Lisboa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

São os aumentos de eleitores na Europa e Fora da Europa que compensam maioritariamente os decréscimos na maioria dos círculos eleitorais e permitem o aumento de quase 10 mil pessoas com capacidade para votar nas eleições legislativas portuguesas de 30 de janeiro de 2022.