Escolha as suas informações

Madeira. Feridos não vão ser transferidos hoje para a Alemanha

Madeira. Feridos não vão ser transferidos hoje para a Alemanha

Foto: Rainer Hackenberg/imageBROKER.co
Portugal 19.04.2019

Madeira. Feridos não vão ser transferidos hoje para a Alemanha

Informação foi transmitida por fonte hospitalar.

Os 16 feridos que ainda se encontram internados, na sequência do acidente ocorrido com o autocarro turístico na Madeira, na quarta-feira, não vão ser transferidos hoje para a Alemanha, informou fonte do hospital do Funchal.

Miguel Reis, adjunto da direção clínica do hospital do Funchal, disse, em conferência de imprensa, que o estado clínico destes 16 feridos é “estável” e apresenta uma “evolução favorável”.

As equipas médicas do hospital do Funchal e clínicos alemães que estão na Madeira a acompanhar a situação das vítimas do acidente com o autocarro ocorrido na quarta-feira, estiveram durante a noite e madrugada a “avaliar a situação clínica individual de cada paciente”.

“Oito vítimas estão internadas na Ortopedia, duas na Unidade de Cuidados Intensivos, quatro na Unidade de Cuidados Intermédios Cirúrgicos e duas no serviço Cardiotorácico”, adiantou.

Questionado sobre a transferência de feridos para a Alemanha, o médico assegurou que “não ocorrerá durante o dia de hoje”, adiantando que, “a acontecer, não será por critérios clínicos, mas por vontade dos próprios”.

Segundo Miguel Reis, “não há nenhum critério clínico que justifique a transferência destes doentes para a Alemanha. Isto foi assumido por nós e pela equipa médica [alemã] que está cá no hospital”.

O médico adiantou que, “além da escolha e vontade própria do doente, existem questões médico-legais que não dependem do hospital”, sem especificar.

Por seu turno, a presidente do conselho administrativo do Serviço Regional de Saúde (Sesaram), Tomásia Alves, afirmou que ainda não chegou à Madeira o avião ambulância que poderá transportar os feridos para a Alemanha.

Das 28 vítimas que dera entrada no hospital na sequência do acidente, 11 já tiveram alta, uma faleceu e 16 continuam internadas. Dos 16 feridos que estão internados, 14 são de nacionalidade alemã e dois portugueses.

O acidente de quarta-feira, no Caniço, concelho de Santa Cruz, provocou 29 mortos.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros alemão e português já se deslocaram à Madeira, estando prevista para hoje a visita do Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa.

Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas