Escolha as suas informações

Mãe que abandonou bebé no lixo vai continuar presa
Portugal 14.11.2019

Mãe que abandonou bebé no lixo vai continuar presa

Mãe que abandonou bebé no lixo vai continuar presa

Photo: Shutterstock
Portugal 14.11.2019

Mãe que abandonou bebé no lixo vai continuar presa

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
A mulher de 22 anos que vivia em situação de sem-abrigo vai assim continuar em prisão preventiva na cadeia de Tires.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou hoje o pedido de libertação imediata ('habeas corpus') da mulher que ficou em prisão preventiva por abandonar o filho recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa, na passada semana. 

Um grupo de advogados apresentou esta semana no STJ um pedido de libertação imediata ('habeas corpus') da jovem, por considerar a prisão preventiva "absolutamente ilegal". 

A mãe, uma jovem sem-abrigo de 22 anos que abandonou o recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) e está em prisão preventiva, indiciada da prática de homicídio qualificado na forma tentada (tentativa de homicídio qualificado).

Segundo a PJ, a mãe do recém-nascido agiu sozinha e nunca revelou a gravidez a ninguém, vivendo numa situação "muito precária". A Polícia também acredita que o parto aconteceu na via pública.


Notícias relacionadas