Escolha as suas informações

Jerónimo assume que resultados da CDU ficaram aquém dos objetivos
Portugal 27.09.2021
Autárquicas

Jerónimo assume que resultados da CDU ficaram aquém dos objetivos

Autárquicas

Jerónimo assume que resultados da CDU ficaram aquém dos objetivos

Foto: LUSA
Portugal 27.09.2021
Autárquicas

Jerónimo assume que resultados da CDU ficaram aquém dos objetivos

Lusa
Lusa
O resultado das eleições autárquicas, “sem prejuízo da sua expressão nacional, ficou aquém dos objetivos colocados”, disse Jerónimo de Sousa.

O secretário-geral do PCP assumiu hoje insatisfação com os resultados das eleições autárquicas e que ficaram "aquém dos objetivos colocados" pela CDU, reconhecendo que a coligação perdeu autarquias.

O resultado das eleições autárquicas, “sem prejuízo da sua expressão nacional, ficou aquém dos objetivos colocados”, disse Jerónimo de Sousa, no SANA Metropolitan Hotel, em Lisboa, o local escolhido pela CDU para acompanhar a noite eleitoral, a poucos metros da sede do PCP, na Rua Soeiro Pereira Gomes.

O dirigente comunista acrescentou que pessoalmente está desiludido com resultados eleitorais obtidos pela coligação, que ainda não são conhecidos, e que agora se inicia o período de avaliação.

“Não estou satisfeito com o resultado, não estou. Temos muito que avaliar, refletir, mas sempre com um sentido de que é preciso reforçar a CDU, como vamos fazer, refletindo sobre o que fizemos de menos bem”, sustentou.

“Independentemente das perdas que se assinalam”, advogou Jerónimo de Sousa, sem especificar a que autarquias se referia, a CDU “confirma-se como uma grande força do poder local”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Perda município da Grande Lisboa foi uma das surpresas da noite eleitoral em Portugal. Loures tinha sido recuperado ao PS, em 2013, pelo antigo líder parlamentar comunista Bernardino Soares e a sua reeleição era era uma das principais apostas da CDU.
O candidato comunista também sublinhou as condições adversas em que decorreu a campanha, com a "CDU a enfrentar dificuldades que passaram por uma óbvia menorização da sua intervenção, desvalorização das perspetivas eleitorais e mesmo campanhas difamatórias que alimentaram preconceitos".