Escolha as suas informações

Incêndios: Xavier Bettel reitera apoio a António Costa
Portugal 07.11.2017

Incêndios: Xavier Bettel reitera apoio a António Costa

Xavier Bettel com António Costa, hoje em Lisboa.

Incêndios: Xavier Bettel reitera apoio a António Costa

Xavier Bettel com António Costa, hoje em Lisboa.
Portugal 07.11.2017

Incêndios: Xavier Bettel reitera apoio a António Costa

O primeiro-ministro luxemburguês encontrou-se hoje com António Costa em Lisboa, depois de ter participado na Web Summit como um dos oradores convidados. Um encontro que durou várias horas e que serviu para discutir os incêndios em Portugal e a situação escaldante na Catalunha.

“Boa tarde ao Contacto”. Foi em português que o primeiro-ministro luxemburguês começou o telefonema com o Contacto, minutos antes de apanhar o avião de regresso ao Luxemburgo, ao final da tarde desta terça-feira. Uma conversa com sabor a “déjà vu”, ou não fosse esta também a segunda vez que Xavier Bettel foi convidado para participar na cimeira tecnológica Web Summit, em Lisboa.

Xavier Bettel almoçou com António Costa, com quem esteve várias horas. Os incêndios em Portugal foram um dos temas discutidos. “Reiterei uma vez mais a vontade do Luxemburgo de ajudar. Achamos que é preciso encontrar soluções ao nível europeu para estes casos, quer se trate de inundações ou de incêndios”, disse o primeiro-ministro luxemburguês.

As declarações de Xavier Bettel surgem uma semana depois de outro luxemburguês, Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, ter defendido o reforço da solidariedade europeia nestas situações, lamentando o atraso da ajuda a Portugal durante os fogos que fizeram 45 vítimas mortais, em 15 de outubro. “Em relação a Juncker, estamos no mesmo comprimento de onda”, garantiu o primeiro-ministro luxemburguês. ”Parece-nos importante que haja uma solidariedade europeia a este nível. O Luxemburgo apoia esta iniciativa”.

Costa e Bettel também não passaram ao lado do assunto mais quente do momento, a situação na Catalunha. Uma questão em que os dois primeiros-ministros afinam pelo mesmo diapasão. “É um problema interno de Espanha”, afirmou Xavier Bettel, recusando comentar a detenção de oito membros destituídos do governo catalão – criticada no domingo por Viviane Reding, ex-vice-presidente da Comissão Europeia, e pelo antigo primeiro-ministro belga, o socialista Elio Di Rupo. “Há atualmente um processo judicial em curso, e compreenderá que, como antigo jurista, não comente decisões da justiça. A justiça deve fazer o seu trabalho, a separação de poderes a isso obriga”, disse Bettel.

O luxemburguês esteve em Lisboa esta terça-feira para participar na Websummit, que se realizou pela segunda vez em Portugal, contando com mais de 60 mil participantes de 100 países.

Paula Telo Alves


Notícias relacionadas

"LuxLeaks": Juncker no epicentro do escândalo
O escândalo do "LuxLeaks" acontece na semana em Jean-Claude Junker deu início ao seu mandato de cinco anos à frente da Comissão Europeia. Juncker foi o primeiro-ministro do Luxemburgo nos últimos 18 anos, altura em que terá sido negociada a maior parte dos acordos fiscais agora revelados pelo ICIJ.