Incêndios

Mais de 40 concelhos de sete distritos em risco 'máximo'

Os distritos de  Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu estão em alerta máximo
Os distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu estão em alerta máximo
Foto: LUSA

Mais de 40 concelhos de oito distritos de Portugal continental estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, de acordo com informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, em risco 'máximo' de incêndio estão mais de 40 concelhos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu.

O IPMA colocou ainda vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental em risco ‘elevado’ e ‘muito elevado’.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o "reduzido" e o "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h (hora portuguesa) em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Às 07h30 (hora portuguesa), a Autoridade Nacional de Proteção Civil dava conta de 24 incêndios, quatro em curso, um em resolução e 19 em fase de conclusão.

Os quatro incêndios em curso - que mobilizavam um total de 50 operacionais - lavravam nos distritos de Aveiro, Viseu, Porto e Vila Real.

Para hoje o IPMA prevê no continente temperaturas máximas a variarem entre os 24 graus Celsius em Sagres, distrito de Faro, e os 37 graus em Beja, Évora e Castelo Branco.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.