Escolha as suas informações

Incêndios: Mais de 40 concelhos de sete distritos em risco 'máximo'
Os distritos de  Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu estão em alerta máximo

Incêndios: Mais de 40 concelhos de sete distritos em risco 'máximo'

Foto: LUSA
Os distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu estão em alerta máximo
Portugal 06.08.2017

Incêndios: Mais de 40 concelhos de sete distritos em risco 'máximo'

Mais de 40 concelhos de oito distritos de Portugal continental estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, de acordo com informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Mais de 40 concelhos de oito distritos de Portugal continental estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, de acordo com informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, em risco 'máximo' de incêndio estão mais de 40 concelhos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu.

O IPMA colocou ainda vários concelhos dos 18 distritos de Portugal continental em risco ‘elevado’ e ‘muito elevado’.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o "reduzido" e o "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h (hora portuguesa) em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Às 07h30 (hora portuguesa), a Autoridade Nacional de Proteção Civil dava conta de 24 incêndios, quatro em curso, um em resolução e 19 em fase de conclusão.

Os quatro incêndios em curso - que mobilizavam um total de 50 operacionais - lavravam nos distritos de Aveiro, Viseu, Porto e Vila Real.

Para hoje o IPMA prevê no continente temperaturas máximas a variarem entre os 24 graus Celsius em Sagres, distrito de Faro, e os 37 graus em Beja, Évora e Castelo Branco.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas