Incêndios

Fogos provocam 19 feridos em Abrantes e quatro na Mealhada

Foto: AFP

O incêndio em Abrantes, no distrito de Santarém, fez um total de 19 feridos leves, já o fogo que lavra na Mealhada, em Aveiro, provocou três vítimas civis e um bombeiro, todos feridos ligeiros, informou hoje a Proteção Civil.

“No incêndio em Abrantes, temos um total identificado de 19 feridos leves, portanto nada de grave. São ferimentos ligeiros: entorses, quedas, algumas inalações de fumo”, avançou a adjunta de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) Patrícia Gaspar, indicando que “algumas destas vítimas acabaram por ser assistidas apenas no teatro de operações e puderam rapidamente retomar a sua atividade”.

Já o fogo que “está muito ativo” no concelho da Mealhada, no distrito de Aveiro, provocou três vítimas civis e um bombeiro, todos feridos ligeiros.

A Proteção Civil destacou hoje, pelas 19:00, a ocorrência de cinco fogos que lavram nos distritos de Santarém, Aveiro, Coimbra, Lisboa e Viseu, indicando que foi necessário fazer “defesas perimétricas” para proteção das aldeias e das populações afetadas.

A adjunta de operações da ANPC lembrou ainda o acidente que ocorreu durante as operações de combate ao incêndio com “uma aeronave, um avião médio anfíbio Fire Boss, integrado no dispositivo especial de combate aos incêndios, que embateu nos cabos de média tensão”, referindo que fruto desta situação o avião “teve de proceder a uma aterragem de emergência no centro de meios aéreos de Proença-a-Nova, felizmente sem ferimentos para o piloto, que saiu ileso, mas tendo a aeronave ficado inoperativa”.

A Proteção Civil não tem ainda informação do que é que esteve na origem do acidente com esta aeronave, mas assegurou que “todos os pormenores associados ao que aconteceu esta tarde serão avaliados e serão investigados pelas autoridades competentes, designadamente o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.