Escolha as suas informações

Treze casos da Omicron em Portugal são todos no Belenenses
Portugal 2 min. 29.11.2021
Covid-19

Treze casos da Omicron em Portugal são todos no Belenenses

Covid-19

Treze casos da Omicron em Portugal são todos no Belenenses

Foto: Lusa
Portugal 2 min. 29.11.2021
Covid-19

Treze casos da Omicron em Portugal são todos no Belenenses

Lusa
Lusa
Há casos entre o 'staff' e jogadores.

(Notícia atualizada às 11h39.)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, esclareceu esta segunda-feira que os 13 casos confirmados da Ómicron em Portugal não são exclusivamente em jogadores da Belenenses SAD, adiantando que também há casos no 'staff'.

Em declarações à rádio TSF, Graça Freitas adiantou que, "tratando-se de uma nova variante", vão avançar com "uma identificação mais alargada dos contactos e proceder ao seu isolamento". Segundo a diretora-geral da Saúde, essas pessoas vão ser submetidas a um plano de testagem muito rigoroso, com o objetivo de quebrar cadeias de transmissão. "Tratando-se de uma nova variante, temos de apertar a malha", sublinhou.

Questionada sobre o plano que está a ser feito para conter a propagação desta nova variante, explicou que autoridades de saúde fazem a vigilância epidemiológica, o isolamento dos contactos e a testagem desses contactos.


O jogo da vergonha
Estádio Nacional é palco de um atropelo à verdade desportiva, à competitividade e à saúde pública.

"O INSA [Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge] fará o trabalho de identificar o vírus e saber se [os casos] pertencem ou não à nova variante e, portanto. estão estas duas frentes a trabalhar ativamente", disse. "Há um isolamento mais proativo, mais intenso e uma testagem também mais intensa dos contactos e, portanto, isso é o plano que está neste momento a ser feito e é o que nós podemos fazer", vincou.

Graça Freitas reiterou ainda o apelo às pessoas que tenham viajado da África Austral ou de países em que haja a variante que automonitorizem os seus sintomas e que entrem em contacto com o SNS 24.


OMS diz que risco global da Omicron é "muito alto"
"Pode haver novas ondas de covid-19 com consequências graves", diz a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em relação às autoridades de saúde pediu para "mais uma vez" estarem "muito atentos" nos inquéritos epidemiológicos a possíveis ligações epidemiológicas dos casos que encontram e a outros casos que possam ter viajado para sítios onde a variante está a circular ou se os próprios casos vieram de outros locais.

Alertou ainda que "os vírus circulam e se esta variante tiver muita competência, por ser uma variante muito transmissível, vai instalar-se vai propagar-se por todo o mundo".

"Temos que estar continuamente alerta porque de facto a pandemia não acabou e estas variantes podem surgir em qualquer sítio, sobretudo, em sítios que estão pouco vacinados porque há a possibilidade de isso acontecer e a possibilidade de uma variante se propagar, como disse a Organização Mundial da Saúde, para todo o mundo rapidamente", salientou.


Liga Portuguesa avança com participação disciplinar no jogo Belenenses SADxBenfica
A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai avançar com uma participação disciplinar junto do Conselho de Disciplina da Federação (FPF), para apurar eventuais responsabilidades face à situação ocorrida no jogo Belenenses SAD-Benfica, interrompido aos 48 minutos.

Questionada sobre se o jogo devia ter sido adiado, afirmou que não é uma competência das autoridades da saúde. "O que acontece em termos de desporto não é da nossa competência, portanto, será de competência dos clubes da Liga, do que for, mas não é da competência da Saúde que isso fique absolutamente claro2, esclareceu Graça Freitas.

À saúde, rematou, "compete identificar doentes, isolar os doentes, procurar os seus contactos, estratificar o risco desses contactos (…) isso é nosso papel e depois às entidades desportivas compete, enfim. planear a parte desportiva do plantel que resta".


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas