Escolha as suas informações

Governo português faz apelo direto aos emigrantes para não irem ao país na Páscoa
Portugal 02.04.2020 Do nosso arquivo online

Governo português faz apelo direto aos emigrantes para não irem ao país na Páscoa

Governo português faz apelo direto aos emigrantes para não irem ao país na Páscoa

Foto: Lusa
Portugal 02.04.2020 Do nosso arquivo online

Governo português faz apelo direto aos emigrantes para não irem ao país na Páscoa

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Depois do apelo de António Costa, no programa de Cristina Ferreira, o Ministério dos Negócios Estrangeiros deixou uma mensagem oficial dirigida a todos os portugueses que residem no estrangeiro e ponderam regressar a Portugal para passar estes dias.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português gravou hoje uma mensagem especialmente dirigida aos emigrantes portugueses, apelando-lhes que este ano não regressem ao país para passar as tradicionais férias da Páscoa.

Num curto vídeo de pouco mais de um minuto, publicado na conta de Twitter do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva reconheceu que "há uma bela tradição em Portugal", que consiste no regresso de milhares de emigrantes às suas terras de origem e às suas casas, temporariamente, nesta época, "para verem os seus e as suas famílias". "Mas este ano isso não pode acontecer", avisou, explicando que a atual pandemia de covid-19 "a isso obriga".


Montalegre, 19/05/2019 - A exploração de Lítio já está a começar em Portugal. Em Montalegre a população está contra a exploração, teme que os solos fiquem contaminados e que cause danos irreversíveis. Adérito Gonçalves é pastor
(Rui Oliveira/Global Imagens)
Covid-19. Os emigrantes que regressam às aldeias e os velhos que os querem abraçar
Na última semana, milhares de emigrantes regressaram às aldeias do interior de Portugal para tentarem isolar-se da pandemia. Alguns transportam o vírus para lugares de população idosa e em risco. As autoridades locais temem um desastre.

"Este ano todos nós temos de ser muito rigorosos para nos protegermos a nós e para protegermos os outros. E este ano nós não podemos sair das nossas casas, a não ser para fins essenciais". O que quer dizer, continuou, que os emigrantes a residir no estrangeiro, "têm de se manter no estrangeiro, não podem viajar para Portugal".

Se o fizessem, lembra o ministro, no mesmo dia em que governo aprovou a renovação do estado de emergência, "teriam que ficar confinados, teriam que ficar isolados".


O pedido do ministro dos Negócios Estrangeiros é o reforço oficial e formal do que já tinha sido feito pelo primeiro-ministro, António Costa, esta quarta-feira, no programa de Cristina Ferreira, na SIC.


GNR de Chaves multa emigrantes em 6 mil euros por furarem quarentena
Dois dos emigrantes multados nesse valor são empresários da área da construção civil, com empresas a laborar em França ou na Bélgica. Outros dois funcionários foram multados em 1800 euros. Os quatro, que estavam emigrados na Bélgica, terão sido multados quando saíram para comprar comida.

Entretanto, hoje, o governo português determinou também que as deslocações em Portugal, no fim-de-semana de Páscoa vão ficar limitadas ao concelho de residência. 

A medida tem efeito entre a quinta-feira Santa, dia 9 de abril, e a segunda-feira a seguir à Páscoa, dia 13, e tem como objetivo conter as habituais deslocações familiares entre diferentes regiões do país, por esta altura. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas