Escolha as suas informações

Fotos. Na ilha do Corvo a pandemia passou ao lado
Portugal 34 23.03.2021

Fotos. Na ilha do Corvo a pandemia passou ao lado

Fotos. Na ilha do Corvo a pandemia passou ao lado

Foto: AFP
Portugal 34 23.03.2021

Fotos. Na ilha do Corvo a pandemia passou ao lado

AFP
AFP
Conhecida pelo isolamento geográfico e pelo mau tempo, o pequeno território do arquipélado dos Açores conseguiu passar quase imune à pandemia da covid-19. Veja a fotogaleria.

A ilha do Corvo, nos Açores, é a mais pequena e mais distante de Portugal continental. Com uma pequena população, o pequeno território no Atlântico Norte é conhecido pelo mau tempo mas também pela beleza das paisagens naturais, uma realidade paralela às grandes metrópoles. 

Os vestígios da covid-19 no pequeno território português são quas nulos, graças a uma campanha de vacinação que terminou a 12 de março e ao seu isolamento geográfico. Há zero casos da infeção confirmados nos últimos 14 dias na ilha e uma incidência de menos de 20 casos por 100 mil habitantes. 

Os cerca de 400 habitantes foram vacinados de forma voluntária, os cafés e restaurantes encontram-se abertos, bem como as escolas. A máscara não é obrigatória ao ar livre. O isolamento do território - outrora uma desvantagem - é agora um fator crucial para manter o Corvo afastado da pandemia da covid-19. 

De acordo com o último balanço da DGS, os Açores registam até à data 3965 casos confirmados e 28 mortes desde o início da pandemia. Todos os passageiros que cheguem ao arquipélago terão de apresentar um teste negativo feito nas últimas 72 horas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.