Escolha as suas informações

EMA preocupada com hesitação a vacinas e aponta Portugal como exemplo
Portugal 20.09.2022
Covid-19

EMA preocupada com hesitação a vacinas e aponta Portugal como exemplo

(Imagem de arquivo)
Covid-19

EMA preocupada com hesitação a vacinas e aponta Portugal como exemplo

(Imagem de arquivo)
Foto: dpa
Portugal 20.09.2022
Covid-19

EMA preocupada com hesitação a vacinas e aponta Portugal como exemplo

Lusa
Lusa
Países Baixos e Hungria refistam elevado grau de hesitação entre a população em relação ao reforço [da vacina da covid-19], "o que é muito preocupante", afirma Agência Europeia do Medicamento.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) manifestou-se esta terça-feira “muito preocupada” com a elevada taxa de hesitação no reforço da vacina da covid-19 e deu o arranque da campanha em Portugal como bom exemplo.

“Temos visto sondagens, nomeadamente nos Países Baixos e Hungria, que apontam para um elevado grau de hesitação entre a população em relação ao reforço [da vacina da covid-19], o que é muito preocupante”, disse, em conferência de imprensa o responsável da agência Steffen Thirstrup.

Destacando que as vacinas estão já a chegar aos Estados-membros, Thirstrup deu como exemplo Portugal que “começou a campanha de vacinação junto da população mais idosa há umas semanas, no início de setembro”.

“Sabemos que todos os Estados-membros – posso falar pela Dinamarca, o meu país – começaram a lançar esta vacina esta semana, mais uma vez junto da população mais vulnerável e idosa”, acrescentou.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Vacinação
A campanha de vacinação começou na fase mais negra da pandemia do país, em janeiro, com fura filas e demissões polémicas. Hoje Portugal é o segundo país do mundo com maior número de vacinados.“Fico satisfeito por ter contribuído para um processo que foi decisivo para salvar vidas”, declara ao Contacto o vice-almirante Gouveia e Melo, na véspera de deixar a liderança da vacinação em Portugal e com o país prestes atingir os 85% de vacinados. Esta é uma história de sucesso muito elogiado nos quatro cantos do mundo. E que merece ser contada.
O coordenador da task-force para a vacinação contra a covid-19, Henrique Gouveia e Melo, durante a conferência de imprensa com atualização da informação sobre a vacina covid-19 da Astrazeneca, no Ministério da Saúde, em Lisboa, 18 de março de 2021. RODRIGO ANTUNES/LUSA