Escolha as suas informações

Cristina Ferreira a Presidente? A apresentadora não descarta a hipótese
Portugal 09.01.2020

Cristina Ferreira a Presidente? A apresentadora não descarta a hipótese

Cristina Ferreira a Presidente? A apresentadora não descarta a hipótese

Instagram
Portugal 09.01.2020

Cristina Ferreira a Presidente? A apresentadora não descarta a hipótese

Em entrevista à Revista Visão, a mulher mais bem paga da televisão portuguesa admite que "poderia um dia representar todos os portugueses".

Há um ano na liderança das manhãs na SIC, Cristina Ferreira não disfarça as "ambições políticas" que começaram numa eventual candidatura à presidência da Câmara Municipal de Mafra, onde fica a Malveira que a viu crescer entre a banca da feira dos tios e o balcão do restaurante dos pais. 

Aos 42 anos, prefere ver-se no Palácio de Belém. "Se um dia me perguntasses ‘Chegarias a primeira-ministra?’, eu respondia imediatamente que não tenho qualquer tipo de capacidade para que isso possa acontecer. Agora, representar todos os portugueses, acho que um dia o poderia fazer, que me iria preparar e que não iria falhar", revela "a saloia da Malveira", como gosta de ser chamada, para melindrar o "preconceito das elites". 

Sem esconder a afinidade com o Presidente que nunca pisou o programa das manhãs de Carnaxide mas que, ainda assim "fez questão" de ligar para a "Casa da Cristina" para assinalar a estreia da apresentadora na SIC, diz que encontra semelhanças com Marcelo Rebelo de Sousa. "Com os anos diferentes que temos e com os mundos diferentes que temos, porque o professor Marcelo está ligado à política desde sempre, sinto que há aqui este efeito de afeto para com o outro que eu acho muito semelhante entre nós. Ele já quando falava nos comentários televisivos era este Presidente, só não tinha o cargo", realça a antiga diretora de entretenimento da TVI. 

A política surgiu no horizonte, conta, "no momento em que as pessoas me começaram a dizer que isso poderia acontecer". 

No arranque do vídeo que abre o apetite para a entrevista publicada na versão impresa da Visão, a apresentadora que leva um salário milionário para casa e tem um património avaliado em quatro milhões de euros, coloca-se no patamar de mais-valia do canal que recuperou a liderança das audiências depois de 14 anos no vermelho.  "Eu às vezes brinco e digo que já estou a trabalhar à borla, desde o primeiro mês ou do segundo", admite.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.