Escolha as suas informações

Portugal. Vacinas sem marcação e lote da Janssen suspensos depois de 20 jovens terem desmaiado
Portugal 15.07.2021
Covid-19

Portugal. Vacinas sem marcação e lote da Janssen suspensos depois de 20 jovens terem desmaiado

Covid-19

Portugal. Vacinas sem marcação e lote da Janssen suspensos depois de 20 jovens terem desmaiado

AFP
Portugal 15.07.2021
Covid-19

Portugal. Vacinas sem marcação e lote da Janssen suspensos depois de 20 jovens terem desmaiado

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Desmaios aconteceram ontem ao início da tarde, num centro de vacinação de Mafra, após a toma da vacina da Johnson & Johnson. Medida afetou também as vacinações sem marcação, que foram igualmente suspensas.

Portugal suspendeu um lote de vacinas Janssen depois 20 jovens, na casa dos 20 anos, terem desmaiado, no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra, após a toma do fármaco.

A decisão foi tomada esta quarta-feira à noite, pelo Infarmed (Autoridade Nacional de Medicamentos e Produtos de Saúde), e levou a task-force responsável pela campanha de vacinação a suspender, esta quinta-feira, as vacinas sem marcação em todo o país, uma vez que sem as vacinas da Janssen - mais de 100 mil por lote - ficou reduzido o número de doses disponíveis para as vacinações não agendadas, no âmbito da modalidade "Casa Aberta".

O Infarmed anunciou ontem estar a investigar a qualidade de vacinas da Janssen disponibilizadas no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra depois de utentes terem desmaiado após a toma da vacina da Janssen. Segundo a RTP, a situação ocorreu por volta da hora de almoço e afetou 20 jovens, que desmaiaram mas recuperaram ainda no local.

Apesar desta reação à vacina da Janssen se ter registado apenas em Mafra, o organismo decidiu suspender, como medida de precaução, todo o lote do fármaco.


EUA associam vacina da Janssen a síndrome de Guillain-Barré
A síndrome de Guillain-Barré é uma doença rara do sistema imunitário que causa inflamação dos nervos e pode levar à dor, dormência, fraqueza muscular e dificuldade em andar.

"Não foram reportados, até à presente data, suspeitas de defeito de qualidade deste lote noutros centros de vacinação em que o mesmo está a ser utilizado”, contudo, "o Infarmed decidiu dar início a um processo de investigação da qualidade das unidades remanescentes da vacina naquele local de vacinação, assim como suspender este lote até as devidas averiguações estarem concluídas”, refere uma nota enviada, na quarta-feira, às redações.

Em Portugal, a vacina Janssen está a ser administrada a mulheres a partir dos 50 anos e a rapazes a partir dos 18. 

Na terça-feira, foi noticiado que a FDA, nos Estados Unidos da América, se preparava para emitir um aviso sobre a ligação entre a vacina Janssen e a síndrome de Guillain-Barré, uma doença rara do sistema imunitário que causa inflamação dos nervos e pode levar à dor, dormência, fraqueza muscular e dificuldade em andar.

Apesar deste episódio em Mafra, as reações adversas reportadas em Portugal, associadas ao fármaco da Johnson & Johnson são menos de 1 em mil.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas