Escolha as suas informações

Portugal. Uma morte, mais 1.496 novas infeções e 30 internamentos
Portugal 3 min. 27.06.2021
Covid-19

Portugal. Uma morte, mais 1.496 novas infeções e 30 internamentos

Covid-19

Portugal. Uma morte, mais 1.496 novas infeções e 30 internamentos

AFP
Portugal 3 min. 27.06.2021
Covid-19

Portugal. Uma morte, mais 1.496 novas infeções e 30 internamentos

Lusa
Lusa
Mais de 950 novas infeções registaram-se em Lisboa nas últimas 24 horas. Há quase 500 doentes covid internados nos hospitais, 116 nos cuidados intensivos.

Portugal tem hoje mais 30 pessoas internadas com covid-19, com 1.496 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma morte atribuída à doença nas últimas 24 horas. 

No boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) assinala-se que estão hoje internadas 477 pessoas com covid-19, o número mais elevado desde 12 de abril, quando estavam hospitalizadas 479 pessoas.

Nas unidades de cuidados intensivos estão 116 pessoas, três das quais admitidas nas últimas 24 horas.

A área de Lisboa e Vale do Tejo tem 64% do total das novas infeções nacionais, concentrando 958 novos casos.


Lisboa. Hospitais quase lotados já obrigam à transferência de doentes para outras regiões
O aumento de internamentos por covid volta a colocar os hospitais da capital sob pressão. As unidades de cuidados intensivos covid já têm 77% das camas ocupadas, segu.ndo os dados de sábado.

Quase 50 mil contactos em vigilância

Os dados divulgados pela DGS mostram também que há mais 1.020 casos ativos, totalizando 31.779 e que 475 foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 825.684 recuperadas.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.084 pessoas e foram registados 874.547 casos de infeção.

O número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde subiu em 885, totalizando 49.320.

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental está em 138,7 casos por 100.000 habitantes, enquanto na totalidade do território é 137,5, revelam dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o índice de transmissibilidade (Rt) registou na sexta-feira uma descida de 1,17 para 1,14 em todo o território nacional e de 1,18 para 1,15 em Portugal continental.


Alemanha. Portugueses obrigados a alterar as férias em Portugal devido à quarentena
Muitos emigrantes estão a cancelar ou a alterar as viagens à terra natal, por causa da quarentena obrigatória de 14 dias no regresso à Alemanha. Mesmo que já estejam vacinados ou sem infeção.

Casos por regiões

Na região de Lisboa e Vale do Tejo contabilizam-se até agora 337.228 casos e 7.254 mortes atribuídas à covid-19.

A região Norte tem hoje 227 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 344.826 casos e 5.363 mortes desde o início da pandemia, uma das quais nas últimas 24 horas.

Na região Centro registaram-se mais 114 casos, acumulando-se 121.686 infeções e 3.027 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 35 casos, totalizando 30.885 infeções e 972 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim de hoje revela que foram registados 151 casos, acumulando-se 23.955 infeções e 365 mortos.

Madeira e Açores com mais infeções

A região Autónoma da Madeira registou sete casos, somando 9.887 infeções e 69 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje quatro novos casos e contabilizam 6.080 casos e 34 mortes desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.


Variante Delta obriga países já ‘sem covid’ a novos confinamentos
Austrália e Israel foram dos primeiros países a acabar com as restrições causadas pela covid e a regressar à vida normal. A mutação indiana veio travar as liberdades. Nestes e noutros países. Mais perigosa teme-se novas vagas de infeção.

Quase 500 mil casos desde início

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 475.760 mulheres e 398.347 homens, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 440 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.968 eram homens e 8.116 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.214 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.646 com idades entre os 70 e os 79 anos, e 1.539 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas