Escolha as suas informações

Portugal regista mais 4.376 infeções, número diário mais alto desde fevereiro
Portugal 2 min. 21.07.2021
Covid-19

Portugal regista mais 4.376 infeções, número diário mais alto desde fevereiro

Covid-19

Portugal regista mais 4.376 infeções, número diário mais alto desde fevereiro

Foto: AFP
Portugal 2 min. 21.07.2021
Covid-19

Portugal regista mais 4.376 infeções, número diário mais alto desde fevereiro

Lusa
Lusa
Há mais 13 mortes atribuídas à covid-19.

Portugal registou nas últimas 24 horas 4.376 infeções por SARS-CoV-2, novo máximo diário desde fevereiro, 13 mortes atribuídas à covid-19 e mais 13 internamentos com a doença, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Hoje estão internadas 867 pessoas, 171 das quais em unidades de cuidados intensivos, de onde saíram seis pessoas nas últimas 24 horas.

Desde o dia 10 de fevereiro, quando se registaram 4.387 novos casos, que o número diário de novas infeções não era tão alto. A maioria das novas infeções por SARS-CoV-2 (1744) regista-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, enquanto no Norte há mais 1.592 pessoas contagiadas.

Incidência nacional acima dos 400 por 100 mil habitantes 

A taxa de incidência nacional de infeções pelo SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias passou os 400 casos, mas o índice de transmissibilidade voltou a baixar ligeiramente no continente e a nível nacional.

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional da Saúde Doutor Ricardo Jorge, assinala-se que a taxa de incidência nacional no continente subiu dos 391 em que estava na segunda-feira para 409. No continente, este indicador atingiu hoje 421,3, aumentando em relação aos 403 verificados na segunda-feira. 

Quanto ao Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus - quer no continente quer a nível nacional desceu de 1,10 na segunda-feira para 1,09 hoje, mantendo a tendência descendente.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

Nos concelhos de baixa densidade populacional, que representam mais de metade do território continental, a linha vermelha que obriga os municípios a recuar no plano de desconfinamento está fixada nos 480 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e os restantes concelhos ficam sob alerta quando ultrapassarem os 240 casos por 100 mil habitantes no mesmo período.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Face ao aumento do número de casos de covid-19, a chanceler alemã está pronta para usar o "travão de emergência". A partir de segunda-feira, o comércio não essencial deve voltar a fechar portas. Em casa, volta o paradigma da visita única.