Escolha as suas informações

Covid-19. Número de mortos em Portugal sobe para 23
Portugal 23.03.2020

Covid-19. Número de mortos em Portugal sobe para 23

Covid-19. Número de mortos em Portugal sobe para 23

Foto: AFP
Portugal 23.03.2020

Covid-19. Número de mortos em Portugal sobe para 23

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
São mais nove que os registados este domingo e a maior subida no número vítimas mortais até à data.

O número de mortos de Covid-19 voltou a aumentar significativamente em Portugal nas últimas 14 horas.

São 23 as vítimas mortais registadas esta segunda-feira, mais nove por comparação com os 14 de domingo. Esta é a subida mais alta no número de vítimas mortais registadas no país desde que foram diagnosticados os primeiros casos de infeção pelo novo coronavírus.

Há 2060 casos positivos confirmados (mais 460 que os anunciados no domingo) e 11842 em vigilância, sendo que 1402 aguardam análise laboratorial. 

Do total de casos confirmados, apenas 201 se encontram internados, 47 dos quais nos cuidados intensivos.

Os casos de infeção em pessoas do sexo feminino ultrapassaram os do sexo masculino, correspondendo a 1080, no primeiro caso, e a 980, no segundo.


Portugal. Há 23 crianças infetadas com menos de 10 anos
O número de casos em bebés e meninos até aos nove anos tem aumentado todos os dias, bem como os registados entre os 10 anos e os 19 anos.

A faixa etária com menos pessoas infetadas são as crianças, dos zero aos nove anos, com 25 casos registados esta segunda-feira (mais dois que ontem). 

No extremo oposto está a dos 40 aos 49 anos, com 404 infetados. No seu conjunto, as faixas etárias que abarcam o grupo de risco dos idosos (acima dos 70 anos) soma 323 infetados.

Desde 1 de janeiro foram registados  13674 casos suspeitos.

Há 14 pessoas recuperadas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Itália ultrapassa China no número de mortos por Covid-19
As autoridades italianas confirmaram que o país registou 427 mortes nas últimas 24 horas, totalizando, até à data, 3.405 vítimas mortais, mais do que as 3.245 contabilizadas na China, onde o surto do novo coronavírus começou em dezembro.