Escolha as suas informações

Costa apela ao voto apesar de demorar "mais um bocadinho" e agradece aos voluntários
Portugal 24.01.2021 Do nosso arquivo online

Costa apela ao voto apesar de demorar "mais um bocadinho" e agradece aos voluntários

Costa apela ao voto apesar de demorar "mais um bocadinho" e agradece aos voluntários

Foto: LUSA
Portugal 24.01.2021 Do nosso arquivo online

Costa apela ao voto apesar de demorar "mais um bocadinho" e agradece aos voluntários

Lusa
Lusa
Portugal elege hoje o 20.º Presidente da República e o sexto em democracia.

O primeiro-ministro, António Costa, apelou hoje ao voto, apesar de “demorar um bocadinho mais” por causa da pandemia, e agradeceu às pessoas que “estão a sacrificar o seu domingo” para assegurar o funcionamento do ato eleitoral.

“Queria agradecer, muito em particular, aos milhares de pessoas que estão a sacrificar o seu domingo para estarem nas mesas de voto, para assegurarem o normal funcionamento deste ato eleitoral”, disse António Costa, pouco depois de votar para as eleições presidenciais, nas Escola Básica Jorge Barradas, em Benfica, concelho de Lisboa.


Eleitores aguardam numa fila no interior da Escola Secundária António Damásio em Lisboa, 24 de janeiro de 2021.
Presidenciais. Abertura das mesas com algumas filas devido aos votos antecipados
As mesas de voto para as eleições presidenciais abriram este domingo às 08:00, mas em algumas zonas do país a descarga dos votos antecipados atrasou o início da votação, levando à formação de filas, disse fonte da CNE.

O chefe do Governo recordou que “hoje demora um bocadinho mais tempo a votar”, no entanto, é apenas de cinco em cinco anos – no caso das eleições para a Presidência da República – que os cidadãos têm a “honra de poder votar para escolher quem é a pessoa que será a Presidente ou o Presidente dos portugueses”.

Portugal elege hoje o 20.º Presidente da República e o sexto em democracia. Para o sufrágio estão inscritos 10.865.010 eleitores, mais 1.208.536 do que nas eleições presidenciais de 2016.

Os sete candidatos aparecem no boletim de voto pela seguinte ordem: Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP), Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

As assembleias de voto para as eleições presidenciais abriram às 08:00 em Portugal Continental e na Madeira, encerrando às 19:00. Nos Açores abriram e encerram uma hora mais tarde devido à diferença horária.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas