Escolha as suas informações

Coronavírus. Avião que vai transportar portugueses autorizado a partir esta noite de Wuhan
Portugal 01.02.2020 Do nosso arquivo online

Coronavírus. Avião que vai transportar portugueses autorizado a partir esta noite de Wuhan

Coronavírus. Avião que vai transportar portugueses autorizado a partir esta noite de Wuhan

Foto: AFP
Portugal 01.02.2020 Do nosso arquivo online

Coronavírus. Avião que vai transportar portugueses autorizado a partir esta noite de Wuhan

Redação
Redação
Os portugueses que vão ser retirados já estão reunidos no consulado francês em Wuhan, a partir de onde serão transportados, com outros 350 cidadãos europeus, a maioria franceses.

O avião que vai retirar cidadãos europeus, incluindo 17 portugueses, de Wuhan, cidade chinesa colocada sob quarentena, tem autorização para partir hoje à noite, disse à Lusa fonte do Governo chinês.

O avião, que saiu na quinta-feira de Portugal rumo a Paris, e que chegou hoje a Hanói, seguindo depois para Wuhan, no centro da China, partiu um dia depois do previsto inicialmente.

Os portugueses que vão ser retirados confirmaram à Lusa que já estão reunidos no consulado francês em Wuhan, a partir de onde serão transportados, junto com outros 350 cidadãos europeus, a maioria franceses, para o avião, um Airbus A-380.

O Governo português já tinha revelado na sexta-feira que as autoridades chinesas deram luz verde à partida do avião. A Comissão Europeia ativou na terça-feira o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, a pedido de França.

Caso sob observação em hospital do Porto com resultado negativo

Entretanto, um caso suspeito de infeção com o coronavírus que esteveem observação no Hospital São João, no Porto, deu resultado negativo.

O resultado das análises laboratoriais no caso da pessoa descartou as suspeitas, disse à agência Lusa uma fonte do Serviço Nacional de Saúde.

Tratou-se de um caso de um homem de nacionalidade estrangeira, que se encontrava na zona de Felgueiras, distrito do Porto, e tinha sido levado na sexta-feira, ao hospital de São João com infeção respiratória.

O período de incubação do vírus é de 14 dias e o homem tinha regressado da China no dia 22 de janeiro, onde teria contactado uma pessoa supostamente infetada pelo 2019-nCoV (Coronavírus).

Com este resultado negativo, Portugal mantém-se, por enquanto, sem registo oficial de qualquer pessoa infetada por coronavírus.

Recorde-se que uma primeira suspeita, envolvendo um homem regressado da China a 25 de janeiro, e observado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, foi afastada no dia seguinte, também após realização de exames.

com Lusa


Notícias relacionadas