Escolha as suas informações

Chega não esclarece por que desmarcou o que nunca esteve marcado
Portugal 2 min. 23.11.2020

Chega não esclarece por que desmarcou o que nunca esteve marcado

Chega não esclarece por que desmarcou o que nunca esteve marcado

Foto: LUSA
Portugal 2 min. 23.11.2020

Chega não esclarece por que desmarcou o que nunca esteve marcado

O partido de André Ventura anunciou desmarcação de Conselho Nacional e desafiou o PCP a fazer o mesmo. Só que afinal a reunião do Chega nunca esteve marcada como confirmaram os Bombeiros de Sintra, local onde era suposto realizar-se o encontro.

A reunião do Conselho Nacional do Chega foi anunciada nos últimos dias para o auditório dos Bombeiros Voluntários de Sintra. Estava agendada para o dia 29 de novembro, no mesmo fim-de-semana do congresso do PCP, e deveriam estar presentes pelo menos 60 pessoas na sala.

O Conselho Nacional do Chega integra o presidente do partido e todos os membros da Direção Nacional, bem como os presidentes e vice-presidentes das seções regionais e distritais do partido, além de 30 membros efetivos, que foram eleitos na convenção realizada em Évora com centenas de pessoas e que foi objeto de duras críticas das autoridades de saúde pela falta de distanciamento e medidas de proteção.

Contudo, o partido de extrema-direita decidiu apagar a convocatória do site e anunciar o cancelamento da reunião. "O Chega entende não ser possível realizar o Conselho Nacional, pois ao fazê-lo estaria a desrespeitar os milhões de portugueses que são obrigados a permanecer nas suas casas", pode ler-se no comunicado. A seguir o partido liderado por André Ventura aproveita para confrontar o PCP instando os comunistas "a seguir o seu exemplo e a adiar a realização do seu Congresso dando, desta forma, uma prova de respeito por todos os portugueses".

Só que a reunião do Chega nunca terá estado marcada e este partido é agora acusado de ter montado uma manobra para dar a entender que estava a desmarcar uma iniciativa em prol dos portugueses. A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sintra indicou não ter recebido "qualquer contacto" para receber o Conselho Nacional do Chega.

"Estando a ser anunciado em alguns órgãos de comunicação social que o Conselho Nacional do Partido Chega irá ter lugar nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Sintra, vem esta Associação esclarecer que tal notícia é falsa, não tendo existido qualquer contacto nesse sentido", explicou em comunicado a associação. À RTP, o presidente dos Bombeiros Voluntários de Sintra negou qualquer iniciativa marcada e mostrou-se surpreendido com as notícias vindas a público.

Contacto pela estação televisiva, o gabinete de André Ventura não quis esclarecer a razão de o anúncio ter sido retirado do site, nem de por que foi esta reunião marcada há poucos dias ou por que desmarcou o nunca esteve marcado nos Bombeiros de Sintra.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.