Escolha as suas informações

Casal português "perigoso" e "armado" é procurado em Espanha
Portugal 2 min. 11.08.2022
Alerta

Casal português "perigoso" e "armado" é procurado em Espanha

O casal de portugueses suspeito numa imagem divulgada pela Guardia Civil espanhola que os procura ativamente.
Alerta

Casal português "perigoso" e "armado" é procurado em Espanha

O casal de portugueses suspeito numa imagem divulgada pela Guardia Civil espanhola que os procura ativamente.
Crédito: Guardia Civil
Portugal 2 min. 11.08.2022
Alerta

Casal português "perigoso" e "armado" é procurado em Espanha

Redação
Redação
Em fuga de Portugal onde roubaram casas de emigrantes, os dois suspeitos são agora procurados pela polícia espanhola devido a assaltos a quatro estações de serviço.

Ele tem 41 anos e ela 40 e protagonizam uma história de amor ligada ao crime há vários anos. Fugiram de Portugal, onde são suspeitos de vários assaltos a casas de emigrantes a norte e de gasolineiras no Algarve, e têm agora instalado o terror em Espanha. 

Em Portugal, já foram acusados e absolvidos de homicídio, em 2019, e chegaram também a assaltar casas de emigrantes na zona de Bragança, relatou a SIC entre outros media portugueses.

Desde 28 julho de 2022, que já assaltaram quatro estações de serviço em Espanha, nas cidades de Toledo, Badajoz e Sevilha. 

Os dois são "perigosos" e estão "armados", alerta a Guardia Civil espanhola que na quarta-feira, lançou um pedido de ajuda público para encontrar o casal português. 

A Guardia Civil divulgou imagens dos dois suspeitos captadas por câmaras de videovigilância de uma estação de serviço e pede ajuda para os localizar.  

Nos assaltos, atuam de cara destapada e não temem as autoridades, descreve a imprensa portuguesa. Há três dias estavam próximos de Madrid suspeitando-se que estejam a tentar entrar em França, noticia o diário espanhol El País, relatando que ambos estão na posse de pelo menos uma pistola e uma faca grande.

Os dois entraram em Espanha por Huelva a 28 de julho, onde no mesmo dia assaltaram com violência uma gasolineira em Faro, indica o diário espanhol. No dia seguinte escolheram outra estação de serviço em Huevar de Aljarafe, próximo de Sevilha para assaltar. Seis dias depois, a 4 de agosto, novo assalto a uma gasolineira em Badajoz e a 6 de agosto repetiram o crime em Talavera La Real, descreve o El País. 

A estação de serviço da Repsol em Cazalegas, província de Toledo, na autoestrada A5 (Madrid-Extremadura) foi o mais recente alvo de ataque do casal português, onde um dos suspeitos apontou uma arma ao funcionário e o fechou numa divisão. Após fugir deste local tiveram um acidente de viação na estrada com destino a Madrid onde abandonaram o Citroën Xsara em que viajam desde Portugal. O casal continua em fuga e está a ser procurado pela polícia espanhola.

Em Portugal, o casal foi a julgamento acusado do homicídio de um homem, em São Brás de Alportel, em 2018, mas foi absolvido pelo tribunal de Faro, um ano depois. Os dois têm ainda um histórico de tráfico de droga. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas