Escolha as suas informações

"Cada passo ao seu tempo". António Costa ainda não formou novo Governo
Portugal 09.02.2022 Do nosso arquivo online
Legislativas

"Cada passo ao seu tempo". António Costa ainda não formou novo Governo

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas à chegada ao Palácio de São Bento, esta quarta-feira.
Legislativas

"Cada passo ao seu tempo". António Costa ainda não formou novo Governo

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas à chegada ao Palácio de São Bento, esta quarta-feira.
Foto: Lusa
Portugal 09.02.2022 Do nosso arquivo online
Legislativas

"Cada passo ao seu tempo". António Costa ainda não formou novo Governo

Lusa
Lusa
O primeiro-ministro afirmou que só fará convites para a sua equipa "na proximidade" do dia 23, quando o executivo tomar posse, e que adiantou que na semana seguinte conta debater no parlamento o programa do Governo.

Este calendário foi transmitido por António Costa aos jornalistas, em São Bento, antes de iniciar uma ronda de audiências com representantes de entidades da sociedade civil, parceiros sociais e partidos com representação parlamentar, tendo em vista preparar a nova legislatura.

"O Presidente da República fixou a data da posse do novo Governo no próximo dia 23, o que nos conduz a que o debate do programa do Governo se deverá desenrolar na Assembleia da República na semana seguinte - altura em que começaremos a entrar no pleno da nossa governação", declarou o primeiro-ministro

Interrogado se já fez convites para pastas do seu Governo, António Costa negou, alegando que "cada passo deve ser dado no seu tempo". "Temos um Governo em plenas funções. Tendo em conta de que só no dia 23 é possível dar posse ao novo Governo, só nessa altura é que farei convites. Como é sabido, quando começam a ser feitos os convites, também as especulações começam a circular - e já bastam aqueles com que me fui divertindo ao longo da semana", disse.


PS vence com resultado histórico. 'Chega' passa a terceira força política em Portugal
O PS alcançou a maioria absoluta e uma vantagem superior a 13 pontos sobre o PSD. Chega passa a terceira força política e CDS 'desaparece' do Parlamento. Abstenção diminuiu nestas eleições.

Costa foi o vencedor das legislativas portuguesas de 30 de janeiro, alcançando a maioria absoluta e uma vantagem superior a 13 pontos sobre o PSD, o segundo partido mais votado.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas