Escolha as suas informações

Cadáver encontrado em Almancil é de motorista de TVDE desaparecida em junho
Portugal 11.08.2022
Crime

Cadáver encontrado em Almancil é de motorista de TVDE desaparecida em junho

Crime

Cadáver encontrado em Almancil é de motorista de TVDE desaparecida em junho

Foto: Lusa
Portugal 11.08.2022
Crime

Cadáver encontrado em Almancil é de motorista de TVDE desaparecida em junho

Redação
Redação
Restos mortais da mulher de 49 anos foram encontrados numa mala e revelam que o corpo foi esquartejado.

As autoridades portuguesas confirmaram, esta quinta-feira, que os restos mortais encontrados numa mala em Almancil, no Algarve, pertencem a uma mulher de 49 anos, residente em Quarteira, que estava desaparecida desde o final de junho.


Jéssica. A tragédia da menina de três anos que foi torturada até à morte
Tinha três anos e foi torturada até à morte por causa de uma dívida de bruxaria. Os três criminosos estão em prisão preventiva. Aconteceu em Portugal em pleno século XXI.

Ao que tudo indica, a mulher em causa será Sandra Andrade, condutora de um veículo de transporte de passageiros (TVDE) e que estava desaparecida desde finais de junho, depois de ter saído para realizar um serviço.

"Todos os indícios recolhidos até ao momento apontam para que o cadáver pertença a essa pessoa que estava desaparecida", disse hoje à Lusa fonte policial, adiantando que a família da vítima já foi informada.

Sandra Andrade estava desaparecida desde junho.
Sandra Andrade estava desaparecida desde junho.
Foto: DR

As autoridades estão ainda a realizar perícias para certificar de forma definitiva a identidade da vítima.

Causas da morte ainda são desconhecidas

Segundo a mesma fonte policial, ainda estão por determinar as circunstâncias da morte da mulher, cujos restos mortais foram encontrados numa zona de mato, pouco acessível, depois de um popular que fazia trabalhos no campo ter dado o alerta, na segunda-feira, devido ao mau cheiro que se fazia sentir no local, noticiou ontem o Correio da Manhã.

De acordo com o mesmo jornal, quando se deslocaram ao local, as autoridades policiais encontraram o corpo, esquartejado e já em decomposição, dentro de uma mala, que estava dissimulada com pedras junto de um muro, numa zona de mato pouco acessível.


Maria Malveiro, acusada de matar e desmembrar Diogo Gonçalves, encontrada morta na prisão
Em abril, a jovem foi considerada pelo tribunal culpada de vários crimes cujas penas conjugadas ultrapassaram a pena máxima.

O Opel Astra que Sandra Andrade conduzia foi encontrado no início de julho num bairro da cidade de Olhão, a cerca de 30 quilómetros de distância do local onde residia. No veículo não havia sinais de violência. Mas a descoberta da mala veio revelar que o corpo da motorista foi esquartejado.

Esta quinta-feira, o Correio da Manhã, avançou que quando descobriram os restos mortais as autoridades não detetaram sinais evidentes de disparos ou outras lesões.

Os restos mortais, que se encontravam no local há pouco mais de um mês, tiveram uma rápida decomposição relacionada com as temperaturas altas que se fizeram sentir na região durante este período. 

(Com Lusa)

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.