Escolha as suas informações

Bruxelas acompanha situação em Portugal com "particular preocupação"
Portugal 2 min. 11.07.2022
Incêndios

Bruxelas acompanha situação em Portugal com "particular preocupação"

Incêndios

Bruxelas acompanha situação em Portugal com "particular preocupação"

Foto: Patrícia de Melo Moreira/AFP
Portugal 2 min. 11.07.2022
Incêndios

Bruxelas acompanha situação em Portugal com "particular preocupação"

Lusa
Lusa
Foi ativado o Mecanismo Europeu de Proteção Civil para solicitar assistência de emergência para os incêndios na parte central do país.

A Comissão Europeia disse esta segunda-feira acompanhar com "particular preocupação" a situação em Portugal pelas temperaturas elevadas que aumentam o risco de incêndio, indicando estar disponível para ajuda adicional, além dos mapas satélite e dos meios aéreos já mobilizados.

"Temos estado a acompanhar a situação em Portugal com particular preocupação, nomeadamente no nosso centro de gestão de crises aqui na Comissão. Temos estado em contacto estreito com as autoridades portuguesas", disse o porta-voz da instituição para a área da gestão de crises, Balazs Ujvari.

Falando na conferência de imprensa diária da Comissão Europeia, em Bruxelas, Balazs Ujvari referiu que Bruxelas já mobilizou o Programa de Observação da Terra da União Europeia, o sistema satélite Copernicus, para permitir às autoridades portuguesas avaliar melhor a situação no terreno e verificar a dimensão das áreas afetadas, bem como o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, que permite facultar apoio no combate às chamas, como meios aéreos.


Nove aldeias evacuadas devido aos incêndios em Portugal
Portugal entrou em situação de contingência esta segunda-feira.

"Continuaremos em contacto com as autoridades portuguesas e caso seja necessária ajuda adicional, não hesitaremos em mobilizá-la o mais rapidamente possível", adiantou o responsável.

No domingo, a Comissão europeia mobilizou dois aviões espanhóis para combater os incêndios em Portugal, que acionou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, anunciou o executivo comunitário.

"Portugal ativou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil para solicitar assistência de emergência para os incêndios na parte central do país", disse a Comissão Europeia num comunicado.

"Como resposta imediata, a Comissão Europeia mobilizou esta manhã dois aviões de combate a incêndios Canadair da sua frota localizada em Espanha", referiu.

A Comissão Europeia acrescentou que os dois aviões espanhóis vão apoiar os meios da proteção civil portuguesa envolvidos no combate aos incêndios na zona Centro. Portugal e Espanha têm sido afetados por temperaturas elevadas que aumentaram o risco de incêndio, situação que se deverá agravar nos próximos dias.

O Mecanismo Europeu de Proteção Civil envolve todos os Estados-Membros da UE e Islândia, Macedónia do Norte, Montenegro, Noruega, Sérvia e Turquia. O sistema permite à Comissão Europeia coordenar os pedidos de assistência em situações de emergência em que as capacidades do país estejam sobrecarregadas.

Para a época de incêndios florestais deste ano, a Comissão Europeia financia a disponibilidade de uma frota de combate a incêndios para responder a potenciais deficiências na resposta a incêndios florestais.

Desde a sua criação em 2001, o mecanismo já foi ativado mais de 600 vezes dentro e fora da UE.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A Comissão Europeia anunciou hoje que ajudou a mobilizar “apoio substancial” a Portugal no quadro do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, e garantiu que o combate aos incêndios em Portugal é, neste momento, “uma prioridade para a UE”.
O comissário europeu para a Ajuda Humanitária, Christos Stylianides, anunciou hoje que a União Europeia (UE) está pronta ajudar Portugal, tendo já sido enviados aviões de combate a incêndios pelo Mecanismo de Proteção Civil europeu.