Escolha as suas informações

Braga é uma das três finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia
Portugal 05.12.2022
UE

Braga é uma das três finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia

UE

Braga é uma das três finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia

Foto: Gerd Eichmann/Wikicommons
Portugal 05.12.2022
UE

Braga é uma das três finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia

Lusa
Lusa
A primeira Capital Europeia da Democracia será escolhida por 10 mil cidadãos de todos os estados-membros do Conselho da Europa.

Braga é uma das três cidades finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia, numa lista que conta ainda com Barcelona e Bruxelas, foi anunciado esta segunda-feira.

Em comunicado, a Câmara de Braga refere que esta é uma iniciativa “que pretende destacar a inovação democrática e promover a coesão, oportunidades de colaboração e participação da sociedade”.

A primeira Capital Europeia da Democracia será escolhida por 10 mil cidadãos de todos os estados-membros do Conselho da Europa e vai ser anunciada em janeiro.


O arranque do programa está agendado para 01 de dezembro, “com a organização de uma grande parada de Natal”.
Vai a casa este Natal? Guimarães "transforma-se em Cidade Natal" este dezembro
Conta com paradas natalícias, mercado de Natal, animação de ruas e concertos.

“Este é mais um motivo de orgulho para Braga e para as suas instituições. Fazer parte desta lista restrita ao lado de duas das principais cidades europeias, como são Barcelona e Bruxelas, é o claro reconhecimento do sucesso das nossas políticas de abertura do processo de decisão democrática a toda a sociedade, de reforço da cidadania e de promoção de uma forte colaboração entre todos os agentes de desenvolvimento que têm sido cruciais para o sucesso de todas as políticas municipais”, refere o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio.

Cascais e Valongo também foram candidatas

Após visitas às cidades candidatas, o júri de especialistas avaliou, no início deste mês, os programas das cidades candidatas e selecionou as três finalistas.

O objetivo da Capital Europeia da Democracia é estabelecer um espaço de colaboração em que os cidadãos da Europa se envolvam e experimentem novas formas de democracia participativa e inclusiva.

Em julho, eram 22 as cidades que concorriam para se tornarem a primeira Capital Europeia da Democracia.

Numa segunda fase, estavam em análise a candidatura das cidades portuguesas de Cascais e Valongo, assim como Antuérpia (Bélgica), Barcelona (Espanha), Bolonha (Itália), Bruxelas (Bélgica), Burgos (Espanha), Linz (Áustria), Metz (França), Opole (Polónia), Rzeszow (Polónia) e Sarajevo (Bósnia e Herzegovina).

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A capital do Grão-Ducado é a 14.ª cidade mais procurada pelos portugueses para viajar durante os meses de Julho e Agosto. Lisboa, Porto e Faro lideram a lista elaborada pelo motor de pesquisa de voos e hotéis Jetcost. Paris e Londres são quinto e sexto. Saiba quem está à frente da cidade do Luxemburgo.