Escolha as suas informações

Avião que transportou portugueses retirados de Wuhan já chegou Lisboa
Portugal 02.02.2020 Do nosso arquivo online

Avião que transportou portugueses retirados de Wuhan já chegou Lisboa

Imagem de arquivo

Avião que transportou portugueses retirados de Wuhan já chegou Lisboa

Imagem de arquivo
Foto: Estado Maior da Força Aérea
Portugal 02.02.2020 Do nosso arquivo online

Avião que transportou portugueses retirados de Wuhan já chegou Lisboa

Lusa
Lusa
O Ministério da Saúde vai disponibilizar instalações onde os portugueses provenientes de Wuhan poderão ficar em "isolamento profilático" voluntário.

O avião da Força Aérea que transportou os 17 portugueses retirados da cidade chinesa de Wuhan, foco do novo coronavírus, aterrou cerca das 20:30 na Base Aérea de Figo Maduro, em Lisboa.

O avião partiu ao final da tarde da base militar de Istres, sul da cidade francesa de Marselha.

Os portugueses tinham chegado cerca das 14:30 (13:30 em Lisboa) a Marselha num Airbus A380, proveniente da China, no qual viajavam 250 cidadãos europeus.

A China elevou hoje para 304 mortos e mais de 14 mil infetados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

As Filipinas anunciaram também hoje a morte de um cidadão de nacionalidade chinesa, vítima de uma pneumonia causada pelo coronavírus. Foi a primeira vítima fatal registada fora da China.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há mais casos de infeção confirmados em 24 países.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou na quinta-feira uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional (PHEIC, na sigla inglesa) por causa do surto do novo coronavírus na China.

O Ministério da Saúde vai disponibilizar instalações onde os portugueses provenientes de Wuhan poderão ficar em "isolamento profilático" voluntário.

O Hospital Pulido Valente, em Lisboa, e o Hospital Militar, no Porto, serão as unidades preparadas para os receber.


Notícias relacionadas