Escolha as suas informações

António Costa não se demite e deixa Passos formar Governo
Portugal 05.10.2015 Do nosso arquivo online

António Costa não se demite e deixa Passos formar Governo

António Costa não se demite e deixa Passos formar Governo

LUSA
Portugal 05.10.2015 Do nosso arquivo online

António Costa não se demite e deixa Passos formar Governo

O secretário-geral do PS assumiu hoje a responsabilidade "pessoal" e "política" da derrota nas eleições, mas não apresentou a sua demissão do cargo e defendeu que compete à coligação PSD/CDS encontrar soluções de governabilidade.

O secretário-geral do PS assumiu hoje a responsabilidade "pessoal" e "política" da derrota nas eleições, mas não apresentou a sua demissão do cargo e defendeu que compete à coligação PSD/CDS encontrar soluções de governabilidade.

"Manifestamente, não me vou demitir", declarou o líder socialista, recebendo uma prolonga ovação.

António Costa falava em reação aos resultados das eleições legislativas, numa declaração inicial em que foi interrompido por militantes socialistas que chegaram a temer que apresentasse a sua demissão após ter assumido a responsabilidade pessoal e política pela derrota eleitoral do PS.

"Não seremos maioria do contra", declarou António Costa já no período de perguntas após ter reconhecido a derrota do PS nas eleições legislativas, quando questionado sobre um cenário de entendimento entre todas as forças da futura oposição.

António Costa defendeu que compete à coligação PSD/CDS-PP encontrar condições de governabilidade, mas deixou advertências, dizendo que "ninguém pode contar com o PS para viabilizar políticas contrárias ao PS".


Notícias relacionadas

OPINIÃO: E agora, António Costa?
POR SÉRGIO FERREIRA BORGES - Foi uma estrondosa derrota do PS, com uma vitória inequívoca da direita. Mas o desaire dos socialistas teve muito maior dimensão que o sucesso da direita.
Portugal's opposition Socialist party (PS) leader, Antonio Costa, wipes his head while addressing supporters after polls closed in a general election in Lisbon, Portugal, October 4, 2015.    Portugal's center-right government headed for victory in an election on Sunday after launching tough austerity measures to combat a debt crisis, but exit polls showed it could lose its majority in parliament.    REUTERS/Rafael Marchante