Escolha as suas informações

Ana Gomes. "Se não fosse a minha candidatura a extrema-direita chegava a alternativa"
Portugal 25.01.2021

Ana Gomes. "Se não fosse a minha candidatura a extrema-direita chegava a alternativa"

Ana Gomes. "Se não fosse a minha candidatura a extrema-direita chegava a alternativa"

LUSA
Portugal 25.01.2021

Ana Gomes. "Se não fosse a minha candidatura a extrema-direita chegava a alternativa"

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Ana Gomes, a segunda candidata mais votada orgulha-se da campanha que fez e de ter impossibilitado o Chega de ter maior dimensão.

"Sou reformada da vida ativa, mas não sou reformada da política. Nunca me reformarei da política, enquanto cá andar", declarou esta noite Ana Gomes no seu discurso oficial após ter conquistado o segundo lugar nestas presidenciais.

Ana Gomes que se torna assim na mulher mais votada de sempre em eleições presidenciais, agradeceu ao "mais de meio milhão de eleitores que nela votaram".

A socialista que apresentou uma candidatura independente lamentou que o seu Partido, o PS no qual continua a ser "uma militante base" tivesse "desertado" destas eleições e por isso, se candidatou.

Concorreu para dar voz aos "democratas, progressistas e europeístas" e impedir que a ultra-direita alcançasse uma votação maior".

Se não estivesse na corrida "a extrema-direita teria alcançado uma dimensão maior", "chegava a alternativa".

Ana Gomes voltou no seu discurso a falar na impossibilidade de muitos emigrantes terem hoje exercido o seu direito de voto.


Ana Gomes torna-se na mulher mais votada de sempre nas presidenciais
Até há menos de duas horas a recordista era Marisa Matias pelo seu resultado no sufrágio de 2016.

"Houve quem quisesse desvalorizar as eleições presidenciais e não tivesse facultado o direito de voto a mais de milhão e meio de portugueses na diáspora portuguesa que indignamente se viram impedidos de votar", declarou. 

No final do discurso Ana Gomes prometeu que irá sempre "continuar a lutar e a defender a democracia". 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas