Escolha as suas informações

Altas temperaturas não ajudam: 7 mil pessoas combatem incêndios em Portugal
Portugal 2 min. 06.08.2016 Do nosso arquivo online

Altas temperaturas não ajudam: 7 mil pessoas combatem incêndios em Portugal

Altas temperaturas não ajudam: 7 mil pessoas combatem incêndios em Portugal

Foto AFP
Portugal 2 min. 06.08.2016 Do nosso arquivo online

Altas temperaturas não ajudam: 7 mil pessoas combatem incêndios em Portugal

Perto de sete mil homens combateram hoje mais de dois mil incêndios, apoiados por 27 meios aéreos e 2.638 meios terrestres, concentrando-se a maior parte das ocorrências no distrito do Porto, revelou a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

Perto de sete mil homens combateram hoje mais de dois mil incêndios, apoiados por 27 meios aéreos e 2.638 meios terrestres, concentrando-se a maior parte das ocorrências no distrito do Porto, revelou a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

De acordo com a Protecção Civil, existiram hoje 2.047 “ocorrências do dia”, que mobilizaram 6.949 operacionais.

Segundo a ANPC, registaram-se hoje 343 ocorrências no distrito do Porto e 288 no distrito de Lisboa, combatidas por 1.138 e 722 operacionais, respectivamente.

A página da Internet da ANPC, actualizada às 15:30, referia estarem em curso 474 ocorrências em todo o país, mobilizando 2.525 homens, 849 meios terrestres e 15 meios aéreos.

No distrito do Porto, existiam 81 “ocorrências em aberto”, envolvendo 537 operacionais.

Em Lisboa, estavam “em aberto” 47 ocorrências, combatidas por 90 homens.

No distrito de Viseu existem 35 fogos, envolvendo 365 operacionais, 106 meios terrestres e sete meios aéreos.

No distrito do Porto estão actualmente quatro meios aéreos, ao passo que Guarda e Viana do Castelo têm, cada um, dois meios aéreos.

Entre os casos em curso, a Protecção Civil destaca como “ocorrências importantes” cinco incêndios, que, no total, estão actualmente a mobilizar 599 homens, 187 meios terrestres e seis meios aéreos, nos distritos do Porto, Viana do Castelo, Guarda e Viseu.

No distrito de Viana do Castelo, um incêndio na Peneda, freguesia da Gavieira, concelho de Arcos de Valdevez, que começou na quinta-feira, mobiliza 215 homens, 66 meios terrestres e um meio aéreo.

Em Rabaçal, freguesia de Mêda, distrito da Guarda, um fogo que começou hoje pelas 09:33 está a ser combatido por 169 homens, 51 viaturas e dois meios aéreos, divulgou a ANPC.

O incêndio que ameaçou hoje duas povoações na freguesia de Melres e Medas, concelho de Gondomar, está a ser combatido por 102 homens, 38 meios terrestres e dois aviões, segundo a ANPC

Este fogo começou na tarde de sexta-feira.

Um incêndio na localidade de São Cristóvão da Nogueira, concelho de Cinfães, distrito de Viseu, está a ser combatido por 54 homens, 15 meios terrestres e um meio aéreo

O fogo “em mato”, com “uma frente activa”, começou pelas 10:26 de hoje.

Em Gestaçô, concelho de Baião, um “incêndio em mato com uma frente activa”, que começou pelas 05:50, está a ser combatido por 57 homens e 16 meios terrestres, segundo a ANPC.

 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas