Escolha as suas informações

Acidente no Alfa. Reabertura da circulação na linha do Norte prevista para hoje
Portugal 02.08.2020

Acidente no Alfa. Reabertura da circulação na linha do Norte prevista para hoje

Acidente no Alfa. Reabertura da circulação na linha do Norte prevista para hoje

LUSA
Portugal 02.08.2020

Acidente no Alfa. Reabertura da circulação na linha do Norte prevista para hoje

Lusa
Lusa
Um comboio Alfa Pendular que transportava 212 passageiros descarrilou na sexta-feira, no concelho de Soure, distrito de Coimbra. O acidente causou dois mortos e 44 feridos, oito dos quais graves.

A circulação de comboios na linha do Norte, interrompida desde sexta-feira por causa de um acidente ferroviário, deverá ser restabelecida durante o dia 2 de agosto, avançou a Infraestruturas de Portugal.

A empresa tinha informado inicialmente que o restabelecimento da circulação nas duas vias estava previsto para segunda-feira, mas esclareceu que é “no decorrer de hoje”.

"A Infraestruturas de Portugal informa que está previsto que seja possível restabelecer a circulação em ambas as vias no decorrer do dia de hoje, domingo", refere a empresa numa nota enviada à agência Lusa.

A empresa adianta que foi possível restabelecer “ao início do dia, à 01:45, a circulação através da via descendente no troço da Linha do Norte entre Pombal e Alfarelos”, depois de realizados os trabalhos de reparação da via e catenária à saída da Estação de Soure.


Composições do comboio Alfa Pendular após ter descarrilado na Linha do Norte, no concelho de Soure, distrito de Coimbra, após colisão com uma máquina de trabalho, afirmou à agência Lusa fonte da Proteção Civil, Soure, Coimbra, 31 de julho de 2020. O embate terá ocorrido na zona de Casalinhos, concelho de Soure e de acordo com a mesma fonte, estão a ser mobilizados para o local 39 veículos com 110 operacionais. PAULO CUNHA / LUSA
Acidente no Alfa. Investigação conclui que Veículo de Conservação de Catenária passou sinal vermelho
O descarrilamento de um comboio Alfa Pendular, no concelho de Soure, distrito de Coimbra, com 212 passageiros, provocou na sexta-feira dois mortos e 44 feridos, oito dos quais graves.

“A circulação ferroviária processa-se através desta via de forma alternada em ambos os sentidos e foi implementa a redução de velocidade a 30 Km/h entre o Km 185,7 e o Km 186,250”, refere a Infraestruturas de Portugal.

Segundo nota informativa do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF), a que a agência Lusa teve acesso, um Veículo de Conservação de Catenária, no qual seguiam duas pessoas – as duas vítimas mortais –, passou um sinal vermelho e entrou na Linha do Norte, tendo sido abalroado pelo comboio Alfa Pendular.

O comboio seguia no sentido sul-norte com destino a Braga e o descarrilamento ocorreu após o embate entre o Alfa Pendular e uma máquina de trabalho, perto da vila de Soure, junto à localidade de Matas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas