Escolha as suas informações

800 bombeiros na luta contra as chamas
Portugal 24.07.2016 Do nosso arquivo online
Em Portugal

800 bombeiros na luta contra as chamas

Em Portugal

800 bombeiros na luta contra as chamas

AFP
Portugal 24.07.2016 Do nosso arquivo online
Em Portugal

800 bombeiros na luta contra as chamas

Quase 400 bombeiros, apoiados por seis meios aéreos, combatem hoje três incêndios florestais nos distritos da Guarda, Coimbra e Aveiro, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Quase 800 bombeiros, apoiados por seis meios aéreos, combatem hoje três incêndios florestais nos distritos da Guarda, Coimbra e Aveiro, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O fogo que mobiliza mais meios é o que lavra na localidade de Vila Cortês do Mondego, na Guarda, estando a ser combatido por mais de 200 operacionais, 60 viaturas e três meios aéreos, tendo já sido acionados grupos de reforço de Lisboa e de Coimbra, indica a ANPC, na sua página da internet.

O incêndio, que lavra numa zona de mato, começou à 01:14 de hoje e tem duas frentes activas. Actualmente,  já se encontra circunscrito.

A ANPC adianta que outro incêndio está a lavrar desde 05:35 na localidade de Palheiros, distrito de Coimbra, e mobiliza 146 operacionais, 42 viaturas e um meio aéreo.

De acordo com a Proteção Civil, este fogo está já em fase de resolução.

Um outro incêndio em povoamento florestal e com uma frente activa está a lavrar na localidade de Talhadas, concelho de Sever do Vouga, distrito de Aveiro.

Este fogo, que começou às 05:55, está a ser combatido por 60 operacionais, apoiados por 21 meios terrestres e um avião pesado e outro médio.

A ANPC refere que, às 09:40, estavam em curso 30 incêndios florestais que mobilizavam um total de 695 operacionais, 192 viaturas e 11 meios aéreos.


Notícias relacionadas

O incêndio em Abrantes, no distrito de Santarém, fez um total de 19 feridos leves, já o fogo que lavra na Mealhada, em Aveiro, provocou três vítimas civis e um bombeiro, todos feridos ligeiros, informou hoje a Proteção Civil.
TOPSHOT - A firefighter tackles a wildfire close to the village of Pucarica in Abrantes on August 10, 2017. 
Nearly 3,000 firefighters battled 80 wildfires raging across Portugal civil protection officials said, as the return of scorching heat put an end to the respite after a spate of blazes. Some 650 firefighters backed by nine water-dropping aircraft and over 200 vehicles were at the scene of the biggest blaze in a forest near the central town of Abrantes. / AFP PHOTO / PATRICIA DE MELO MOREIRA
A autoestrada A1 está cortada nos dois sentidos, ao quilómetro 250, junto a Albergaria-a-Velha, distrito de Aveiro, devido a um incêndio, disse à Lusa fonte da GNR.