Escolha as suas informações

Portugal

As famílias dos jovens responsabilizam o ex-‘dux’ João Gouveia e a Universidade Lusófona pela morte dos seis alunos, em dezembro de 2013, alegando que resultaram de uma praxe e prometem recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça.
Quatro das vítimas mortais tinham mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79 anos, uma entre os 60 e os 69 e uma entre os 40 e os 49 anos.
Sete das vítimas mortais tinham mais de 80 anos e uma entre os 70 e os 79 anos.
No PS, há mesmo quem diga que esta foi a segunda derrota de Fernando Medina porque, já em 2017, ele perdeu a maioria absoluta.
O Governo entregou na segunda-feira à noite, na Assembleia da República, a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE22), que prevê que a economia portuguesa cresça 4,8% em 2021 e 5,5% em 2022.
O ex-ministro Armando Vara à saída do Estabelecimento Prisional de Évora, após ser libertado no âmbito da aplicação das medidas excecionais devido à pandemia de covid-19, Évora, 11 de outubro de 2021. Cumpriu neste estabelecimento prisional cerca de metade da pena única de cinco anos de prisão a que foi condenado no âmbito do processo Face Oculta.
O ex-ministro Armando Vara à saída do Estabelecimento Prisional de Évora, após ser libertado no âmbito da aplicação das medidas excecionais devido à pandemia de covid-19, Évora, 11 de outubro de 2021. Cumpriu neste estabelecimento prisional cerca de metade da pena única de cinco anos de prisão a que foi condenado no âmbito do processo Face Oculta.
O ex-ministro socialista foi condenado em setembro de 2014, no Tribunal de Aveiro, a cinco anos de prisão efetiva, por três crimes de tráfico de influências, no âmbito do processo Face Oculta.
O país registou também uma nova subida nos internamentos, com mais 22 pessoas hospitalizadas face ao dia anterior.
dr
dr
A escola básica de São Teotónio, no Alentejo, é uma das mais multiculturais do mundo, onde convivem alunos de mais de 20 nacionalidades. Um realidade que decorre da imensa estufa em que Odemira se transformou e da necessidade de mão-de-obra imigrante para um dos negócios mais rentáveis que se colhe em Portugal: os frutos vermelhos.
A covid proporcionou mais possibilidades para a corrupção e os políticos e empresários são os mais apontados para cometer ilegalidades, assim entendem os portugueses, de acordo com um novo estudo nacional.
Os internamentos registaram um ligeiro aumento, com 334 doentes hospitalizados devido à doença da pandemia.
Uma doente em tratamentos de recuperação da Covid no Centro de Alcoitão.
Uma doente em tratamentos de recuperação da Covid no Centro de Alcoitão.
Chegam sem andar, com muita dificuldade em falar e respirar ao centro de reabilitação de Alcoitão, que há mais de um ano trata as sequelas mais graves deixadas pela covid-19 e pelos meses em coma e de internamento em cuidados intensivos.
Atualmente estão hospitalizadas 321 pessoas, das quais 55 doentes nos cuidados intensivos por infeção pelo vírus da pandemia.
A diretora-geral da Saúde anunciou hoje que Portugal atingiu esta sexta-feira a meta desejada de vacinados contra a covid-19, agradecendo a todos os que contribuíram para este objetivo.
A intenção é que as pessoas que forem chamadas para o reforço da vacinação anti-covid possam na mesma altura receber a vacina contra a gripe, evitando duas idas ao centro de vacinação.
Estão internadas 353 pessoas, mais quatro do que na quarta-feira, das quais 57 em cuidados intensivos.
Estão internadas 353 pessoas, mais quatro do que na quarta-feira, das quais 57 em cuidados intensivos.
Estão internadas 353 pessoas, mais quatro do que na quarta-feira, das quais 57 em cuidados intensivos.
Plano Nacional de Leitura

Marx é que tinha razão

Plano Nacional de Leitura

Marx é que tinha razão

Muito medo tem a direita de que as pessoas leiam livros. As "guerras culturais" alimentadas pelos liberais de pacotilha em Portugal continuam: agora é o Plano Nacional de Leitura sob ataque.
Discotecas e bares estão abertos desde 1 de outubro em Portugal.
Discotecas e bares estão abertos desde 1 de outubro em Portugal.
As quatro pessoas que morreram tinham mais de 80 anos.
O fundador e ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, à saida do Campus de Justiça onde decorre o julgamento do processo relacionado com o veículo criado no universo BPP para investir especificamente em ações do Banco Comercial Português (BCP), onde é acusado pelo Ministério Público de burla qualificado, em Lisboa, 12 de fevereiro de 2014. O julgamento de três ex-gestores do BPP, João Rendeiro, Paulo Guichard e Salvador Fezas Vital, tem início esta manhã enquanto decorre a investigação do processo principal do caso BPP. MÁRIO CRUZ / LUSA
O fundador e ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, à saida do Campus de Justiça onde decorre o julgamento do processo relacionado com o veículo criado no universo BPP para investir especificamente em ações do Banco Comercial Português (BCP), onde é acusado pelo Ministério Público de burla qualificado, em Lisboa, 12 de fevereiro de 2014. O julgamento de três ex-gestores do BPP, João Rendeiro, Paulo Guichard e Salvador Fezas Vital, tem início esta manhã enquanto decorre a investigação do processo principal do caso BPP. MÁRIO CRUZ / LUSA
Confirma-se a velha maldição: nenhum banqueiro é preso em Portugal. Os lesados, lesados ficam. Na arte de fugir, Rendeiro não está só.
Paulo Guichard foi condenado a nove anos de prisão mas a pena não transitou em julgado. Vive no Brasil mas vai voltar para Portugal para comparecer em tribunal, por temer suspeições públicas após a fuga de João Rendeiro.
Nas últimas 24 horas há menos cinco hospitalizações e menos seis pessoas nos cuidados intensivos.