Incêndios Vários concelhos em 15 distritos em risco máximo

Vários concelhos na grande maioria dos distritos de Portugal continental estão hoje em risco máximo de incêndio, de acordo com informação disponibilizada na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet. Mais

Espanha/Ataques PR participa hoje na missa pela paz em Barcelona

O Presidente da República viajou no sábado à noite para Barcelona para participar hoje numa missa pela paz, na basílica da Sagrada Família, onde irão também estar presentes os primeiros-ministros português e espanhol e os reis de Espanha. Mais

Calamidade pública Fogos de Mação e Gavião continuam com três frentes ativas

Os incêndios em Mação (distrito de Santarém) e Gavião (distrito de Portalegre) eram aqueles que, esta tarde, mobilizavam mais meios, num total de 1.359 homens e 15 meios aéreos, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC). Mais

Incêndios 74 feridos entre 08 e 14 de agosto

Os dois incêndios ativos que mais preocupam hoje as autoridades lavram nos concelhos de Mação e de Vila de Rei, informou hoje a Proteção Civil, adiantando que, entre 08 e 14 de agosto, se registaram 74 feridos. Mais

1.443 operacionais no terreno Dois civis e seis bombeiros feridos no combate aos incêndios em Portugal

Bombeiros durante o combate a um incêndio em Castelo, Mação, 26 de julho de 2017. Estão envolvidos no combate ao incêndio 1126 bombeiros, 358 viaturas e 10 meios aéreos. NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

O incêndio que deflagrou ontem, segunda-feira, no concelho do Fundão provocou queimaduras em duas pessoas, que estão ainda em avaliação, e ferimentos ligeiros numa bombeira, disse à Lusa fonte da Proteção Civil. Também quatro bombeiros ficaram feridos, na Serra da Gardunha. Mais

Incêndios Ajudar Portugal neste momento é prioridade da UE

A Comissão Europeia anunciou hoje que ajudou a mobilizar “apoio substancial” a Portugal no quadro do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, e garantiu que o combate aos incêndios em Portugal é, neste momento, “uma prioridade para a UE”. Mais