Jean-Claude Juncker

Centeno "possui todas as qualidades necessárias" para o Eurogrupo

O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker (C) elogiou Centeno
O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker (C) elogiou Centeno
AFP

O presidente da Comissão Europeia, o luxemburguês Jean-Claude Juncker, felicitou Mário Centeno pela sua eleição de hoje como presidente do Eurogrupo, afirmando-se convicto de que o ministro português "possui todas as qualidades necessárias para assumir tão importante responsabilidade".

Pouco após Centeno ter sido hoje eleito o terceiro presidente da história do fórum de ministros das Finanças da zona euro -- sucedendo ao próprio Juncker (2005 a 2013) e ao holandês Jeroen Dijsselbloem (2013 até ao presente) -, o agora presidente da Comissão publicou na sua conta pessoal na rede social twitter uma mensagem de "calorosas felicitações" e a carta que dirigiu ao presidente eleito do Eurogrupo.

"Pela minha experiência pessoal sei muito bem que esta é uma posição exigente e plena de desafios. Estou certo de que o ministro Centeno possui todas as qualidades necessárias para assumir tão importante responsabilidade e desejo-lhe os maiores êxitos nas suas novas funções", escreve Jean-Claude Juncker.

O presidente do executivo comunitário sublinha que Centeno assumirá funções "num momento crucial para o futuro da área do euro e da União Europeia no seu todo".

"Dez anos após o início da crise, a economia europeia está finalmente em recuperação. A confiança foi restabelecida e chegou a hora de virar a página da crise. O forte crescimento económico concede uma oportunidade para avançar no trabalho necessário para garantir uma União Económica e Monetária mais coesa, mais eficiente, mais forte, mais democrática e que funcione para todos os europeus", aponta.

"Temos uma agenda ambiciosa pela frente e a Comissão Europeia conta com o ministro Centeno para continuar a cooperar de forma construtiva e frutuosa na sua implementação", conclui Juncker na sua mensagem de felicitações.

O ministro das Finanças português, Mário Centeno, foi hoje eleito presidente do Eurogrupo, ao impor-se na segunda volta da votação realizada em Bruxelas.

De acordo com fontes europeias, Centeno foi o mais votado na primeira volta (oito votos), após a qual saíram da "corrida" a letã Dana Reizniece-Ozola e o eslovaco Peter Kazimir, tendo o ministro português derrotado o candidato luxemburguês Pierre Gramegna na segunda volta, desconhecendo-se ainda com quantos votos (Dijsselbloem escusou-se a revelar pormenores da eleição na conferência de imprensa que se seguiu).

Centeno assumirá funções em 13 de janeiro próximo e presidirá já à próxima reunião do Eurogrupo, que terá lugar em Bruxelas em 22 de maio.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.