Escolha as suas informações

Zelensky. Mariupol é um "campo de concentração russo"
Mundo 30.04.2022
Guerra na Ucrânia

Zelensky. Mariupol é um "campo de concentração russo"

Guerra na Ucrânia

Zelensky. Mariupol é um "campo de concentração russo"

AFP
Mundo 30.04.2022
Guerra na Ucrânia

Zelensky. Mariupol é um "campo de concentração russo"

Redação
Redação
Para o Presidente ucraniano, "a defesa do nosso país, a proteção do nosso povo é, literalmente, uma luta pela vida".

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, divulgou um vídeo onde lamentou que Mariupol se tenha tornado num "campo de concentração russo", uma cidade que "era uma das mais desenvolvidas da região" e que agora "está no meio de ruínas".

O Presidente ucraniano foi ainda mais longe: "As tropas russas conseguem ser ainda mais cínicas do que os nazis há 80 anos. Naquela altura, os invasores não diziam que os habitantes de Mariupol e os seus defensores se matavam a si mesmos", acusou.

"Em Donbass, os ocupantes russos têm estado a fazer de tudo para destruir qualquer vida" na região, com bombardeamentos brutais constantes dirigidos a estruturas e áreas residenciais. Isso mostra que a Rússia quer tornar esta área inabitada", afirma Zelensky.  

Por isso, "a defesa do nosso país, a proteção do nosso povo é, literalmente, uma luta pela vida", referindo-se a várias cidades e localidades na região de Donbass, que a Rússia quer ver "em ruínas".


Rússia pede à NATO que pare de armar Kiev
O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, pediu à NATO e aos Estados Unidos que parem de entregar armas à Ucrânia, se "estiverem realmente interessados em resolver a crise ucraniana".

"Se o invasores russos conseguirem realizar os seus planos, pelo menos em parte, ainda terão artilharia suficiente e aviões para destruírem a totalidade de Donbass. Tal como destruíram Mariupol", considerou. 

Sobre os territórios territórios temporariamente ocupados da região de Kherson, referiu que está em curso um processo de transição para tornar a moeda russa, rublo, a oficial. 

Se tal acontecer, diz Zelensky, vão ser impostas "mais sanções" contra a Rússia, assim como "outras reações do mundo livre" a estas "ações agressivas" russas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas